Planeta PUC

Planeta PUC - 11 out 2018

Entrar universitário e sair mestre? Como isso é possível?

Conheça o PIBIC Master, um programa da PUCPR que possibilita a conclusão da graduação juntamente com o mestrado

Para muita gente, estudar não é algo que acaba junto com a graduação. Pelo contrário, depois de se apaixonar por uma área de estudo, é comum buscar se especializar cada vez mais nela. Uma das maneiras de fazer é se tornar um pesquisador: partir da graduação para o mestrado, doutorado e assim por diante.

Para agilizar esse processo, os estudantes da PUCPR podem contar com o PIBIC Master. Esse é um dos programas de iniciação científica da Universidade no qual disciplinas do mestrado são feitas juntamente com as do curso regular. Assim, ao se formar, o graduando já fica apto para defender sua tese e, em pouco tempo após colar grau, adquire o título de mestre.

Destinado aos acadêmicos que demonstram iniciativa e interesse pela pesquisa acadêmica, o PIBIC Master proporciona benefícios tanto profissionais quanto aqueles relacionados ao desenvolvimento pessoal.

“O estudante tem a oportunidade de estar em contato com pesquisadores produtivos, amadurece e entra na produção científica mais cedo e amplia sua rede de contato. Enfim, todos os benefícios que a pesquisa oferece”, destaca a professora Cleybe Hiole Vieira, coordenadora da Iniciação Científica da PUCPR.

Para se candidatar ao projeto, é  preciso estar pelo menos na metade do curso e já ter participado do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), outra oportunidade dada aos acadêmicos daqui.

Durante o período do PIBIC Master, a mensalidade do mestrado não é cobrada e o pesquisador recebe uma bolsa que vai até sua conclusão – pode durar de 12 até 36 meses. Além disso, também é possível optar pelas mobilidades de pesquisa nacional ou internacional. Isso quer dizer que parte de seu PIBIC Master pode ser feita em outros estados do país ou fora dele.

Sentiu vontade de dar início à sua carreira como pesquisador? Que tal conhecer um pouco mais sobre esse processo e já entrar na faculdade pensando em seu futuro na pesquisa? Boa sorte!