O que é

O TANAHORA é um grupo de teatro universitário, promovido pela PUCPR no Câmpus Curitiba. Atuante desde 1980, com significativa representação no cenário nacional, o TANAHORA auxilia a formação acadêmica e social de seus integrantes pois se fundamenta no princípio de que a arte é essencial na renovação da intelectualidade e da vida plena e cidadã em comunidade.

Participe do Tanahora

Todo estudante da PUCPR que ainda tenha mais de um semestre a cursar na instituição pode participar do Grupo de Teatro TANAHORA. Anualmente ou semestralmente, são abertos processos seletivos para a participação de alunos e alunas da graduação. Durante a sua permanência no Grupo, a exemplo do que ocorre no Coral Champagnat e na Orquestra Experimental, o participante recebe uma bolsa estímulo em forma de desconto na sua mensalidade.

Por conta do necessário período de isolamento social advindo com a pandemia da COVID-19, os processos de audição estão sendo realizados de maneira remota. Neste segundo semestre de 2021, o elenco selecionado participará de um projeto natalino audiovisual que será divulgado nas mídias oficiais da PUCPR. Para tanto, a equipe frequentará encontros remotos duas vezes por semana, aos sábados e domingos.

Leia o edital completo para obter todas as orientações necessárias e participar do processo seletivo para o TANAHORA – o Grupo de Teatro da PUCPR.

ATENÇÃO INSCRITOS NO EDITAL DO 2o. SEMESTRE DE 2021 DO TANAHORA

Devido ao recesso corporativo da PUCPR por conta do feriado de sete de setembro, o cronograma de divulgação dos selecionados para o edital do 2o. semestre de 2021 sofrerá modificação. O resultado final do processo seletivo passa a ser divulgado no dia 9 de setembro de 2021, até às 19h. Dúvidas podem ser esclarecidas no e-mail: [email protected]

Saiba mais sobre como se tornar um artista bolsista da PUCPR?

Histórico

O TANAHORA tem em seu currículo vários espetáculos, com textos clássicos, populares e contemporâneos, buscando sempre atingir o maior número de pessoas com um trabalho de excelência, o que já lhe valeu inúmeras premiações Brasil afora em dezenas de festivais. Shakespeare, Molière, Sartre, Pirandello, Naum Alves de Souza, Luis Alberto de Abreu e outros tantos autores já foram levados ao palco pelo Grupo em memoráveis montagens!

Nos seus anos iniciais, esteve sob a direção de Lineu Portela. Laercio Ruffa, o diretor que o sucedeu em 1988, esteve à frente do Grupo por vinte e cinco anos. Chico Nogueira, profissional paranaense, conduz os trabalhos desde 2014.

Momento atual

O TANAHORA conta atualmente com dez integrantes. Desde junho de 2019, para festejar o quadragésimo aniversário de sua existência, prepara a montagem da peça teatral Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, exatamente o mesmo texto que deu início ao Grupo no ano de 1980.