Suporte ao Ensino

O professor da PUCPR pode contar com uma estrutura de suporte tecnológico e pedagógico à sua atividade docente, que inclui:

  • aconselhamento pedagógico;
  • apoio ao uso de tecnologias educacionais;
  • apoio ao uso do ambiente virtual de aprendizagem institucional;
  • programas de suporte acadêmico e psicopedagógico ao estudante.

CrEAre

CrEAre (Centro de Ensino e Aprendizagem) é um núcleo de assessoria ao ensino que se caracteriza como um espaço de apoio, cooperação e interação entre os professores para criação, desenvolvimento e difusão de metodologias para a aprendizagem ativa.

Cabe ao CrEAre coordenar o processo de formação docente e acompanhar e incentivar práticas pedagógicas que estimulem o protagonismo dos estudantes no desenvolvimento de competências para a sua atuação na sociedade.

saiba mais

 

A CTE é uma área de apoio à Assessoria para EaD, responsável pelo desenvolvimento de propostas metodológicas de projetos para essa modalidade, bem como pela elaboração das disciplinas on-line e híbridas que a compõem e demais projetos que envolvem a virtualização dos processos educativos.

Além disso, tem sua atuação voltada ao corpo docente da PUCPR, oferecendo suporte na utilização de recursos tecnológicos e na produção de materiais, cursos e atividades acadêmicas alinhados às estratégias de ensino, com o intuito de potencializar o processo de aprendizagem por meio de tecnologias.

Nesse sentido, está em constante atualização sobre recursos educacionais digitais, pesquisando e difundindo meios inovadores para a educação, para os momentos presenciais, de ensino híbrido ou a distância. Assim, além de elaborar conteúdos em parceria com os professores, oferece formações docentes sobre ferramentas que auxiliam no uso da tecnologia em sala de aula, para que eles possam manter suas atividades em contínua evolução, conscientes de que estão fundamentados.

Em permanente busca pelas melhores alternativas de aprendizagem, a CTE administra e oferece suporte no uso do ambiente virtual de aprendizagem na universidade, além de acompanhar a implementação de outros recursos tecnológicos e reunir dados de utilização, gerando relatórios que embasam a tomada de decisões institucionais.

Clique aqui e conheça mais atividades da área!

Blackboard

O Blackboard, ambiente virtual da PUCPR, possibilita aos professores diversos meios para disponibilizar conteúdos e atividades e vem ao encontro das necessidades da instituição, facilitando a integração de novas metodologias educacionais. Oferece, também, recursos que permitem maior interação entre estudantes e docentes, mesmo em momentos extraclasse, além de favorecer a autonomia dos discentes no processo de aprendizagem, sendo de fácil acesso e contando com aplicativo para smartphones, o Blackboard App.

Como tirar dúvidas sobre o uso do ambiente?

Pensando em manter os professores constantemente informados sobre as melhores práticas de utilização das ferramentas do Blackboard e sugerir eventuais recursos tecnológicos que possam contribuir no processo de ensino-aprendizagem, a Coordenadoria de Tecnologias Educacionais (CTE) desenvolveu uma área de ajuda, denominada Professor, disponibilizada dentro do AVA e que conta com as seguintes seções:

  • Primeiros Passos: apresenta um vídeo com um panorama geral do Blackboard.
  • Frequently Asked Questions (FAQ): com perguntas e respostas que esclarecem as principais dúvidas sobre acesso e utilização dos recursos disponíveis.
  • Tutoriais: auxiliam na criação de tarefas/atividades e utilização das ferramentas.
  • Educação e Tecnologia: com dicas de ferramentas tecnológicas e soluções pedagógicas que podem contribuir no planejamento docente, como captura de tela para criação de vídeos, dicas para inovar apresentações e recursos como a Padagogy Whell.

Para conferir isso e muito mais, acesse o Blackboard, com seu login e senha de rede, e explore as possibilidades de um ambiente virtual de aprendizagem presente nas melhores e maiores universidades do mundo.

Plano de Desenvolvimento da Graduação

Desenvolvido pelo Comitê de Inovação na Graduação, o Plano de Desenvolvimento da Graduação – PDG – é um compromisso institucional com diretrizes, metas e estratégias que levarão o ensino de graduação ao patamar de excelência almejado para 2022. Fundamenta as mais diversas iniciativas de inovação que vem sendo tomadas em toda a Universidade. O Plano é desdobrado em cada Câmpus, Escola e Curso em roadmaps que respeitam as iniciativas individuais que mais fazem sentido para cada unidade de gestão, mas que levam a objetivos comuns institucionais. Acesse aqui o documento completo

 

PRINCÍPIOS ORIENTADORES DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM DA PUCPR

A PUCPR convida seus professores a participarem da inovação nos processos de ensino e aprendizagem, necessária para enfrentar os desafios da sociedade contemporânea e que nos levará a realizar os sonhos que temos para o futuro da nossa instituição. A ressignificação do ethos universitário envolve toda a comunidade acadêmica e deve se fundamentar em princípios que orientem as ações educativas e de gestão. São eles: Autonomia; Dedicação; Cooperação; Honestidade, Senso Crítico.

Os Princípios Orientadores dos Processos de Ensino e Aprendizagem são resultado das discussões realizadas no primeiro semestre de 2014 no Comitê de Inovação na Graduação* da PUCPR. Os primeiros debates a respeito foram realizados com o corpo docente, no segundo semestre de 2014. Ao longo de 2015 os estudantes também foram envolvidos nesta discussão, em cinco eventos que trouxeram pessoas reconhecidas no cenário nacional por aplicarem algum dos princípios fortemente nas suas vidas. De 2016 em diante, os princípios passaram a ser discutidos nas oficinas de formação docente e em eventos com os estudantes, como oficinas e semanas acadêmicas.

Cada professor precisa pensar suas práticas educativas tomando os princípios como base e discutir com os estudantes sobre o seu papel de protagonista na própria aprendizagem. Materiais sobre cada um dos princípios, sob o ponto de vista do professor e do estudante, podem ser acessados nesta página. A publicação completa traz perguntas que cada pessoa pode se fazer se quiser analisar o alinhamento das suas ações aos princípios orientadores.

*O Comitê de Inovação da graduação é composto por pró-reitores, diretores da pró-reitoria de graduação, decanos das escolas, diretores dos Câmpus fora de sede, um estudante e dois professores da área de educação.

 

Os Programas de Suporte ao Estudante são um grande apoio à ação docente no processo de ensino e aprendizagem. A PUCPR oferece programas de suporte acadêmico e psicopedagógico: Programa de Habilidades do Núcleo Básico (HNB); Programa de Monitoria; Serviço de Apoio Psicopedagógico (SEAP). Confira abaixo:

Programa Habilidades do Núcleo Básico (HNB)

Os professores podem sugerir aos seus estudantes com maiores dificuldades relativas a conteúdos de ensino fundamental e médio que participem dos grupos de estudo conduzidos por meio do Programa de Habilidades de Núcleo Básico (HNB). O programa é gratuito e voluntário, com inscrições a cada início de semestre, divulgadas por meio de editais a toda a comunidade acadêmica. Está disponível no Câmpus Curitiba, atendendo conteúdos de língua portuguesa, matemática, física e química.

No programa HNB, grupos de estudo são conduzidos por professores nas áreas de língua portuguesa, matemática, física e química, em encontros semanais de uma hora e meia complementados com atividades extraclasse. Nesses grupos, os estudantes cumprem programas de estudos individualizados, elaborados a partir de um diagnóstico personalizado de sua situação inicial, que identifica as habilidades que necessitam ser desenvolvidas.

A proposta é incentivar desde o início do curso a autonomia do estudante, estimulando-o a formar grupos de estudos e fazer a gestão de sua vida acadêmica, estabelecendo claramente a responsabilidade pelo seu aprendizado. Pretende-se que o estudante, após participar do HNB, supere dificuldades com conteúdos básicos que o impedem de seguir adiante e passe a conduzir suas próprias estratégias de estudo, aprendendo a aproveitar ao máximo cada aula.

Programa de Monitorias

Uma das formas mais poderosas de aprendizagem é a que ocorre entre os próprios estudantes. Os monitores formam um time de apoio aos estudos dentro e fora da sala de aula, com resultados muito positivos sobre a aprendizagem e sobre a disseminação de técnicas de estudo. O trabalho exercido pelos estudantes monitores é um verdadeiro exemplo de dedicação e colaboração. Por isso enche de orgulho a instituição. Além disso, é uma grande oportunidade de valorizar os estudantes de altas habilidades.

As vagas de monitoria são autorizadas pela Pró-Reitoria de Graduação mediante a análise de projetos submetidos a editais semestrais. A classificação dos projetos determina a concessão das bolsas de monitoria e de vagas para monitoria voluntária. Os professores podem submeter projetos, para uma ou mais disciplinas, com o acordo dos seus gestores. Tendo o projeto aprovado, basta selecionar os estudantes.

Ao final do semestre o professor orientador precisa enviar um relatório analítico dos resultados da monitoria. Da aprovação do relatório depende a permissão de prorrogação do projeto para o próximo semestre de oferta da(s) disciplina(s).

Contato: (41) 3271-1409 / 2374 | E-mail: monitoria@pucpr.br

SEAP – Serviço de Apoio Psicopedagógico

O SEAP é um serviço de apoio oferecido pela Pró-Reitoria de Graduação para estudantes com dificuldades psicopedagógicas e/ou estudantes com deficiências, transtornos de aprendizagem ou síndromes específicas que possam interferir no seu desempenho acadêmico.

O atendimento pelo SEAP pode acontecer por encaminhamento da coordenação do Curso, por indicação de algum docente que acompanha o estudante e/ou por iniciativa do próprio estudante, familiar ou colega. O importante é detectar possíveis dificuldades crônicas ou pontuais para enfrentá-las adequadamente, superá-las e maximizar o potencial de alcance das oportunidades acadêmicas durante a formação na PUCPR.

Neste ponto, a atenção dos professores é essencial, pois é na sala de aula que as situações não autodeclaradas pelo estudante no ato da matrícula, acontecem. Estes casos devem ser levados ao coordenador de Curso ou ao serviço de apoio ligado ao SEAP na Escola, para análise e verificação junto a outros docentes se é algo recorrente em outras disciplinas, se trata-se de uma situação individual ou grupal, entre outros. Estudantes que já tenham algum diagnóstico acima citado emitido por especialista, devem autodeclarar suas necessidades e requisitar atendimento especializado já no formulário da matrícula, anexando laudo atualizado, com vistas a agilizar a providência dos recursos necessários a cada situação.

Coordenador(es) e docentes receberão e/ou poderão solicitar orientações e capacitação do SEAP para o atendimento adequado às requisições diferenciadas que se apresentem e que se enquadrem nas situações anteriormente descritas. Entre elas, destacam-se a forma como trabalhar com os estudantes nos diferentes ambientes acadêmicos, o acolhimento recomendado, as possibilidades e limites pessoais na formação para a construção de competências necessárias para o exercício da profissão, a necessidade do permanente acompanhamento por profissionais de apoio na Universidade, questões de criminalização – como discriminação, abandono e negligência, as responsabilidades na implementação e monitoramento de ações para o desenvolvimento do estudante – como a necessidade de tempo estendido para realização das atividades e avaliações, provas bimodais, acessibilidade na instituição, tecnologia assistiva e a intervenção do Serviço de Apoio Psicopedagógico (SEAP) no acompanhamento das ações sociopedagógicas junto à Escola, coordenação, corpo docente e/ou discente.

Além do apoio e dos atendimentos individualizados, o SEAP oferece o PROGRAMA PUMP UP YOUR BRAIN, com as seguintes oficinas para grupos formados ou aleatórios, conforme a procura e o cronograma previamente organizado:

• Estilos de Aprendizagem e Estratégias para Aprender;

• Deu Branco na Prova e como Estudar para a avaliação;

• Oficina de Memória;

• Deu Branco na Apresentação (preparação para apresentação de trabalhos);

• Hábitos de Estudo. Para uma formação efetivamente de qualidade é necessário identificar entraves existentes, criar estratégias para superá-los e trabalhar para o alcance das competências necessárias a cada área de formação e atuação profissional.

O SEAP tem esta função de apoio a professores, gestores acadêmicos, estudantes e familiares visando maximizar as oportunidades de vivência acadêmica e comunitária na PUCPR.

Ficha de Encaminhamento

O SEAP está localizado no 2º. Andar da Biblioteca Central.
Telefone: (41) 3271 2177 | E-mail: seap@pucpr.br