O Que é?

A Orquestra Experimental da PUCPR é um grupo de música instrumental, formado por estudantes dos cursos de graduação da PUCPR e músicos da comunidade local, cujo objetivo é proporcionar, por meio da prática de conjunto, o desenvolvimento de talentos na interpretação dos mais variados gêneros musicais. Tem como foco, sempre com arranjos próprios, a exploração do repertório popular universal. Rock, MPB e trilhas sonoras de filmes e séries de TV, são exemplos relevantes dos gêneros presentes em seu repertório.olclore brasileiro, temas de filmes, clássicos do rock e pop.

Todo estudante da PUCPR que ainda tenha mais de um semestre a cursar na instituição pode participar da ORQUESTRA EXPERIMENTAL DA PUCPR. Anualmente ou semestralmente, são abertos processos seletivos para a participação de alunos e alunas da graduação. Durante a sua permanência no Grupo, a exemplo do que ocorre no TANAHORA e no Coral Champagnat, o participante recebe uma bolsa estímulo em forma de desconto na sua mensalidade.

Por conta do necessário período de isolamento social advindo com a pandemia da COVID-19, os processos de audição estão sendo realizados por meio da avaliação de material audiovisual. Os estudantes selecionados participam de projetos artísticos audiovisuais divulgados nas mídias oficiais da PUCPR. Para tanto, a equipe frequenta encontros remotos periodicamente.

Leia o edital completo abaixo para obter todas as orientações necessárias e participar do processo seletivo deste segundo semestre de 2021.

Editais

Desde 2020, por conta do contexto de isolamento social ocasionado pela pandemia de Covid-19, a Orquestra Experimental da PUCPR tem atuado a distância, com aulas e encontros remotos, treinamentos para a gravação de vídeo e áudio com cada músico de sua casa e a produção de material artístico audiovisual digital que tem sido usado em eventos variados da PUCPR e está à disposição na nossa playlist, no canal oficial da Universidade no Youtube, clique aqui para acessar

No primeiro semestre de 2021, os componentes da Orquestra Experimental da PUCPR participaram de um projeto especial, acompanhando os finalistas do XIX Festival de Música Revele Seu Talento – edição digital 2021. Para o segundo semestre de 2021, novos projetos aguardam os componentes da Orquestra. Para participar, é imprescindível que você LEIA O EDITAL COMPLETO para obter informações detalhadas do processo seletivo.
RESULTADO FINAL - 2º semestre de 2021RESULTADO DA 1ª FASE - 2º semestre de 2021ViolinoTrompaTrompeteDirCE Edital Orquestra Experimental - Instrumentistas - 2º Semestre 2021FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Saiba mais sobre como se tornar um artista bolsista da PUCPR?

Momento Atual

Devido aos necessários cuidados com a saúde dos integrantes da Orquestra Experimental da PUCPR e de seus entes próximos, e seguindo as recomendações dos órgãos oficiais de saúde em prol da diminuição da propagação do coronavirus, a vigência do edital voltado  a músicos bolsistas foi alterada para o período de julho de 2020 a fevereiro de 2021.

Histórico

A PUCPR tem fomentado a música instrumental há quase três décadas. Como exemplos, temos a criação do Quarteto de Cordas da PUCPR,em 1993, e da Orquestra de Câmara da PUCPR, em 1999. Visto que esses grupos mantêm uma organização estritamente profissional, a Orquestra Experimental foi concebida para, além de estreitar a relação da instituição com seus talentos internos, suprir a demanda do novo curso de música da PUC por um projeto musical didático de alta qualidade, também acessível a alunos de outros cursos.

O debute da orquestra, ainda sem nome, aconteceu com um concerto informal na Biblioteca da PUCPR, realizado em outubro de 2012 por um grupo de aproximadamente vinte pessoas formado por estudantes, professores e músicos convidados. Este concerto teve produção artística, regência e arranjos do professor Marcos De Lazzari, que continuou seu envolvimento no projeto nas funções de produtor e spalla da orquestra.

A partir de 2013, já então sob a direção do maestro Aramis Mendes, a orquestra tem dado preferência ao formato temático, tendo como destaques os concertos “Trilhas Inesquecíveis do Cinema” (2015), “Rock in PUC” (2016), “Mistura Brasileira” (2017) e “Música em Cena” (2018), que contou com 57 artistas no palco.