Escola de Medicina

Escola de Medicina - 09 ago 2019

Estudante de Medicina realizou o Caminho de Santiago de Compostela, inspirada por projeto da Paróquia/ Pastoral da PUCPR

A estudante da medicina Elizabeth Mary Miotto Rei acaba de realizar o Caminho de Santiago Compostela na Espanha. Segue o relato de sua experiência:

O Caminho de Santiago, para mim, é um projeto que começou na Universidade, com iniciativa da Paróquia Universitária Jesus Mestre, e terminou com um sonho realizado na Espanha. Esse projeto, que terá sua terceira edição realizada nos dias 30 e 31 de agosto de 2019, faz parte dos Caminhos da Fé e teve início em 2018 com o Caminho Brasileiro de Santiago. Esse, por sua vez, é um caminho oficial de 25km, que passa por lindíssimas praias em Florianópolis.

O objetivo do Caminho Brasileiro de Santiago é que os peregrinos iniciem o Caminho no Brasil e completem na Espanha, onde se encontra a tumba do apóstolo São Tiago, para poderem conseguir a credencial de peregrino. Agora, no dia 02 de agosto, tive a oportunidade de finalmente concluí-lo! Partindo do caminho Francês, comecei na cidade de Sarria, a 115km de Santiago. É indescritível a sensação de estar lá no começo e pensar que em 5 dias eu chegaria a Santiago. Apesar de sozinha, no Caminho “nunca estás solo”, e uma das perguntas mais feitas pelos peregrinos é “por que você está fazendo o Caminho?”. Faço minhas as palavras de um Padre Franciscano, que um dia escreveu: “Não é preciso de nenhuma razão especial para o Caminho de Santiago. O próprio caminho é o motivo. A estrada é como a vida, condensada em um punhado de dias, e presenteia o peregrino infinitamente mais do que ele pode oferecer.”

Tamanho é o presente que o peregrino recebe durante a caminhada, que há quem diga que o Caminho de Santiago é mágico, ainda que, particularmente, eu prefira a palavra abençoado. Depois desses cinco dias, em que andei uma média de 25km por dia, percebo que a parte mais difícil é a chegada, onde sentimentos de alegria, por ter chegado, e tristeza, por ter acabado, se confundem. Então o peregrino finalmente percebe que o caminho é a própria vida e que ela só está começando!

Agradeço à Paróquia Universitária Jesus Mestre, à Pastoral e aos fundadores desse projeto, por terem me apresentado esse caminho de fé – que, para mim, é só o começo!

“The miracle of the Camino is that magic becomes normal things”. (Anônimo)

Buen Camino!

Confira algumas fotos:

Recomendadas para você