Estudante

 

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) é uma opção aos estudantes que desejam desenvolver inovação e novas tecnologias, incluindo tecnologias sociais.

Ofertado pelo CNPq, o programa tem como objetivo principal estimular os jovens nas atividades, metodologias, conhecimentos e práticas próprias ao desenvolvimento tecnológico e processos de inovação.

As inscrições e o envio de documentos deverão ser realizados exclusivamente por meio eletrônico pelo professor orientador no período de 25 de abril a 21 de maio de 2018 por este link.

Participe do PIBITI Empreendedor!

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico, Inovação e Empreendedorismo (PIBITI Empreendedor) é uma iniciativa desenvolvida pela PUCPR em parceria com a COPEL. No projeto, os estudantes tem como objetivo criar startups a partir de projetos de pesquisa. Nesta categoria, estão sendo ofertadas 10 bolsas de 12 meses que contemplam o desenvolvimento da pesquisa e são exclusivas para estudantes da Universidade. Além das atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, este programa inclui também a participação obrigatória do estudante em 5 oficinas de formação empreendedora aos sábados, totalizando 25 horas de formação empreendedora.

As inscrições e envio de documentos deverão ser realizados exclusivamente por meio eletrônico pelo professor orientador no período de 25 de abril a 21 de maio de 2018 por este link.

As propostas devem estar vinculadas a um dos seguintes temas de interesse do programa Copel+: Eficiência Energética; Eficiência Operacional; Transmissão Segura; Geração Distribuída; Armazenamento de Energia; Mobilidade Elétrica; Casas Conectadas; Cidades Inteligentes; Satisfação do Cliente e Gestão de Ativos do Sistema Elétrico.

Os melhores projetos terão a chance de participar do programa COPEL+, junto à aceleradora da PUCPR, Hotmilk, e a incubadora da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP). Para mais informações, clique aqui.

Nesta modalidade, o estudante ficará mais próximo dos desafios tecnológicos que as empresas e organizações enfrentam na solução de problemas da sociedade pós-moderna.  No PIBITI, os participantes terão a inovação tecnológica e social como a premissa diária.

Além disso, o estudante terá um grande crescimento acadêmico e pessoal, ampliará o network e agregará valor ao seu currículo.

Como participar?

Para participar, o estudante precisa estar cursando a graduação na PUCPR e, então, procurar um professor que pesquise sua área de interesse. O docente, que irá orientá-lo durante o programa, deve submeter um projeto de pesquisa e um plano de trabalho para o futuro participante do programa, em resposta ao edital anual. A seleção dos projetos é feita pelo Comitê Local e por pesquisadores qualificados externos à PUCPR, segundo critérios definidos em Editais e Normas.

O estudante deve ficar atento às especificações do PIBITI no edital anual.