Nº 11 | 30/09/2020

Considerando a Resolução Sesa n. 1173/2020, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) informa:

A Universidade está, desde o fim do primeiro semestre de 2020, retomando com muito cuidado as atividades práticas de alguns cursos de graduação e pós-graduação que demandam presencialidade, com autorização dos órgãos de saúde responsáveis. Naquele momento o movimento ocorreu para os cursos da área da Saúde e Engenharias.

No segundo semestre foram retomadas algumas atividades do curso de Medicina, com práticas laboratoriais, e estágios nas clínicas dos cursos da área da Saúde. A retomada dessas atividades no formato presencial tem ocorrido de forma a garantir a segurança de estudantes e colaboradores; foi adotado um protocolo bastante rígido para tal. As atividades acadêmicas que não têm prejuízo de qualidade no formato remoto foram mantidas nessa modalidade. Já as atividades práticas que ainda não puderam ser realizadas de maneira presencial serão repostas assim que possível.

A PUCPR reforça ainda que diversas medidas foram adotadas para proporcionar um retorno seguro aos universitários e colaboradores da instituição, com destaque para: mapeamento de riscos; variadas adequações estruturais – como instalação de dispensers de álcool gel em todo o entorno de onde ocorrem as atividades, reforço na desinfecção de ambientes, demarcação de piso com distanciamento de 1,5 metro nas áreas comuns, restrição do número de pessoas por ambiente, entre outras –; e aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para serem utilizados durante as atividades. Além disso, o uso de máscara facial é exigido em todos os ambientes e há aferição de temperatura (triagem). Até o momento, o protocolo utilizado se mostrou bastante seguro e eficiente, garantindo a integridade de saúde de todos os envolvidos.

Para a Universidade, a autorização para que todas as IES públicas e privadas retomem parcialmente a presencialidade de atividades é um avanço na discussão sobre a educação dos paranaenses neste momento de pandemia. O caminho seguro adotado pela PUCPR tem se mostrado eficiente e, por este motivo, a Universidade deve continuar conversando com os órgãos responsáveis para que siga o plano previamente aprovado e já em andamento, ou para que faça ajustes considerados necessários.

Que São Marcelino Champagnat e a Boa Mãe continuem iluminando a todos!

 

A Reitoria

Nº 10 | 31/08/2020

Nota – Retorno atividades presenciais – 2ª fase

Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Campus Curitiba

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Campus Curitiba, após a reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde desta segunda-feira (31), apresenta as seguintes deliberações referentes à pandemia de Coronavírus:

Atenta aos rumos da pandemia, a Universidade esclarece que construiu um protocolo de segurança e reforça que se encontra preparada para cumprir e dar andamento ao conteúdo prático que exige a presencialidade dos estudantes.

A PUCPR comunica que serão retomadas na próxima terça-feira (01), apenas as atividades práticas e estágios da Escola de Medicina e da Escola de Ciências da Vida, especificamente para atuação nas Clínicas de Odontologia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Clínica Veterinária.  

A Universidade ressalta que diversas medidas foram adotadas a fim de proporcionar um retorno seguro aos estudantes e colaboradores. Dentre as medidas implementadas destacam-se: o  mapeamento de riscos, variadas adequações estruturais – como instalação de dispensers de álcool gel em todo o entorno de onde vão ocorrer as atividades presenciais, reforço na desinfecção de ambientes, demarcação de piso com distanciamento de 1,5 metros nas áreas comuns, restrição do número de pessoas por ambiente, entre outras – também foram adquiridos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para a utilização durante as atividades. Além disso, o uso de máscara facial será exigido em todos os ambientes, e a triagem presencial (com aferição de temperatura) será realizada para todos os que retornarem ao campus.

A Universidade reitera que o retorno às atividades práticas durante a situação de pandemia é totalmente facultativo. Aos estudantes pertencentes ao grupo de risco e àqueles que optarem por não retomar as atividades práticas neste momento, serão asseguradas novas oportunidades para a realização da reposição, não havendo qualquer prejuízo de ordem acadêmica ou financeira.

Que São Marcelino Champagnat e a Boa Mãe continuem abençoando estudantes, professores, colaboradores e todas as pessoas do Brasil para que, juntos, possam atravessar este momento da melhor forma.

Nº 9 | 12/06/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após a reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde desta sexta-feira (12), informa novas deliberações referentes à pandemia de coronavírus:

No último dia 27/05 a Universidade anunciou o retorno ao Campus Curitiba, para cumprimento de atividades práticas presenciais, de um grupo de 150 formandos de diversos cursos. O retorno aconteceu com apoio dos órgãos de saúde responsáveis e inúmeros cuidados estão sendo tomados para evitar o contágio dentro da Universidade. Estes estudantes estão, neste momento, exercendo seus estágios e conduzindo atividades práticas essenciais à suas formações com segurança e qualidade.

Além destes estudantes, a PUCPR estudou a viabilidade de retorno de outros grupos de diferentes cursos, não formandos, para o encerramento do semestre letivo. Infelizmente com o recente aumento do número de casos da COVID-19 no Paraná, aumento da taxa de transmissibilidade da doença e aumento da taxa de ocupação de leitos, este retorno ainda não foi possível. Os diversos órgãos responsáveis pela saúde mostraram muita preocupação e orientaram que este não é o melhor momento para o retorno de novos estudantes que podem ainda aguardar até o próximo semestre. Desta forma, a PUCPR comunica que o encerramento do primeiro semestre letivo de 2020 acontecerá da seguinte forma:

  • O encerramento do período letivo do primeiro semestre acontecerá no dia 29/06 e o retorno está previsto para o dia 03/08. Neste intervalo acontecerão as férias de meio de ano para estudantes.
  • As disciplinas que não foram encerradas até o dia 29/06, porque dependem de atividades práticas que necessitam de presencialidade, continuarão abertas no sistema para sua conclusão assim que possível, sem prejuízo acadêmico ou financeiro do estudante.
  • Assim que possível e autorizado pelos órgãos de saúde, cada curso irá retornar à presencialidade com estudantes e professores que não forem membros do grupo de risco de COVID-19, para que finalizem as disciplinas pendentes de atividades práticas presenciais e atividades práticas relacionadas ao 2o semestre. Os estudantes que são grupo de risco devem discutir o melhor formato com seus coordenadores, que buscarão sempre o caminho ideal pensando na segurança de todos.
  • O formato de retorno das aulas – se totalmente remoto síncrono ou parcialmente assim, intercalando encontros presenciais -, ainda não está definido e dependerá da situação da pandemia no Paraná em agosto. A PUCPR está dialogando constantemente com os órgãos responsáveis e os coordenadores seguem em contato com os estudantes para informar a realidade específica de cada curso. A Universidade está trabalhando para um retorno “em ondas”, com períodos intercalados de atividades presenciais e remotas.
  • O período de ajuste acadêmico – inclusão de disciplinas para o segundo semestre – se iniciará no dia 27/07 e os coordenadores de curso estão disponíveis para tirar dúvidas e auxiliar os estudantes.
  • O processo seletivo para calouros está aberto com formato 100% online, para garantir a segurança de todos os candidatos e seus familiares. As aulas dos calouros estão previstas para iniciar em 03/08.

Que São Marcelino Champagnat e a Boa Mãe continuem abençoando estudantes, professores, colaboradores e todas as pessoas do Brasil para que, juntos, possam atravessar este momento da melhor forma.

Nº 8 | 27/05/2020

Nota – Retorno atividades presenciais

 

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após a reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde desta quarta-feira (27), informa novas deliberações referentes à pandemia de coronavírus:

Desde o dia 19 de março de 2020 as atividades presenciais na PUCPR estão suspensas, em respeito às orientações sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus. Mesmo em um curto período, a Universidade conseguiu adaptar-se com excelência à nova realidade imposta pela pandemia e seguirá desta forma até que a situação de saúde pública esteja controlada, preservando a vida de estudantes, colaboradores e suas famílias.

A Universidade garante que o adiamento das atividades práticas presenciais não gera impactos significativos na formação dos estudantes que ainda estão distantes da conclusão de seus cursos, porque estas serão realizadas assim que possível. Entretanto ocorre estudantes dos cursos com encerramento previsto para o primeiro semestre de 2020 poderiam ser prejudicados caso concluam sua graduação sem estas atividades práticas, ou caso adiem sua entrada no mercado de trabalho. Fez-se necessário, portanto, para estes casos, um enfrentamento diferenciado.

Diante do prolongamento da situação de quarentena, a Universidade realizou um processo de escuta dos estudantes com formatura prevista para este semestre de 2020/1. Alguns grupos optaram por prorrogar a data de integralização do curso, caso do Curso de Teatro da Escola de Belas Artes, por exemplo, e aguardam para cursar suas atividades práticas assim que a situação da pandemia se normalizar. Por outro lado, diversos alunos dos cursos da Escola de Ciências da Vida e da Escola Politécnica demonstraram interesse em concluir o curso imediatamente a fim de exercer seus ofícios em prol da sociedade.

A Universidade então construiu uma proposta de retorno em segurança para que estes formandos que assim desejam possam concluir sua formação com qualidade. Esta proposta foi apresentada e validada pelos mesmos órgãos de saúde locais que orientaram na migração inicial das atividades presenciais para atividades remotas. Sendo assim, a PUCPR comunica que estão retornando para algumas atividades práticas laboratoriais de maneira presencial cerca de 150 estudantes dos cursos abaixo:

  • Escola de Ciências da Vida: Agronomia, Engenharia Florestal, Farmácia, Gastronomia, Psicologia e Odontologia;
  • Escola Politécnica:  Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção.

A Universidade ressalta que foram tomadas diversas medidas para receber esses estudantes da forma mais segura possível. Foram mapeados riscos, realizadas adequações estruturais – como instalação de dispensers de álcool gel em todo o entorno de onde vão ocorrer as aulas, reforço na desinfecção de ambientes, demarcação de piso com distanciamento de 1,5 metro nas áreas comuns, restrição do  número de pessoas por ambiente, entre outras –, e foram adquiridos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para garantir a segurança dos estudantes e colaboradores.

Além disso, o uso de máscara facial será exigido em todos os ambientes do campus e será realizada triagem presencial de toda a comunidade acadêmica apta ao retorno de suas atividades presenciais. Os estudantes que tiverem dúvidas sobre este momento de retorno parcial devem procurar seus coordenadores de curso.

A Universidade está, também, buscando em conjunto com professores, coordenadores de curso e estudantes o formato das atividades possíveis para o segundo semestre letivo, que se iniciará em agosto. Em breve estas informações também serão comunicadas.

Que São Marcelino Champagnat e a Boa Mãe continuem abençoando estudantes, professores, colaboradores e todas as pessoas do Brasil para que, juntos, possam atravessar este momento da melhor forma.

Nº 7 | 01/04/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após a reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde desta quarta-feira (01), informa novas deliberações referentes à pandemia de Coronavírus:

Solidários ao momento econômico que a sociedade está vivendo e que afetará, sem exceção, a todos os brasileiros, a PUCPR iniciará ainda nesta semana um processo de protocolos para atendimento individual com os estudantes que precisarem de flexibilização para o cumprimento financeiro de seus contratos.

A Universidade entende que a definição de uma única medida não atenderá à particularidade dos estudantes que estão com dificuldades financeiras e vivem realidades muito distintas. Por este motivo, serão deliberadas medidas individuais àqueles estudantes que comprovarem a necessidade de apoio no pagamento de mensalidades durante este momento de pandemia, com soluções customizadas a partir das possibilidades da Universidade.

Este canal de atendimento está sendo preparado e haverá equipe técnica qualificada para dar suporte a todos. Uma célula de trabalho exclusivamente dedicada ao tema foi criada na Universidade e conduzirá todos os contatos que se iniciarem. Até a próxima sexta-feira (3), este canal estará disponível no site da PUCPR.

A Universidade comunica ainda que inúmeras ações de apoio à sociedade e enfrentamento aos efeitos decorrentes da pandemia estão acontecendo nas suas diferentes frentes de atuação. Alguns exemplos: professores e pesquisadores estão participando da proposição de soluções para a sociedade como a telemedicina ou o comportamento clínico dos doentes com Coronavírus, ações de espiritualidade e oficinas de meditação promovidos para pacientes e para a comunidade, edital específico na Hotmilk para apoiar startups neste momento de crise, apoio aos moradores da Vila Torres, dentre tantos outros. Acompanhe as ações no site da PUCPR.

Atenciosamente,

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 6 | 26/03/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde desta quinta-feira (26), informa sobre novas deliberações referentes à pandemia de Coronavírus:

No dia 19 de março de 2020 iniciamos o plano de ação em decorrência da paralisação de algumas atividades presenciais. Asseguramos que, apesar das dificuldades impostas pela urgência do tempo, todas as atividades acadêmicas estão acontecendo em formato remoto, nos mesmos horários das aulas presenciais previamente definidas, com nossos professores mediando discussões online e ao vivo e contando com participação ativa e engajada dos estudantes. Temos números iniciais de pesquisas com estudantes e professores que nos permitem afirmar que a qualidade e a excelência da formação acadêmica, e o DNA de ensino PUCPR estão mantidos, assim como o cronograma de estudos e o calendário acadêmico.

As atividades práticas e laboratoriais específicas para cada curso acontecerão assim que a pandemia for controlada e pudermos retomar nossos encontros presenciais. Para os cursos de graduação EAD e nova graduação, as atividades virtuais seguem conforme seus cronogramas e as práticas laboratoriais também acontecerão no retorno aos encontros presenciais. Neste momento entendemos que existe a oportunidade, também, para desenvolvermos soft skills como autonomia, flexibilidade, capacidade de adaptação, criatividade e resiliência, muito importantes no mercado de trabalho e na vida.

Estamos bastante sensíveis e solidários ao momento econômico delicado que nosso país irá passar nos próximos meses e, sobre este aspecto, temos algumas ações em andamento:

  • Atenderemos remotamente e de forma individual os estudantes que estejam com dificuldades financeiras relacionadas ao pagamento de mensalidades. Vamos buscar juntos todas as possibilidades que estejam ao alcance da Universidade para a flexibilização do pagamento dos contratos assumidos. Também estamos em contato com empresas financeiras parceiras para que possamos oferecer novas formas viáveis de financiamento estudantil. O canal de atendimento estará disponível em breve em nossa página www.pucpr.br/coronavirus. Os estudantes de graduação EAD e nova graduação também receberão informações por seus canais oficiais já utilizados (especialmente o AVA).
  • Nossos professores e pesquisadores estão trabalhando no desenvolvimento de soluções aplicadas à sociedade que possam ajudar a todos neste momento. Um dos exemplos é a proposição de novos e acessíveis EPIs (como máscaras e vestimentas) para uso de profissionais da saúde. Outros exemplos envolvem protocolos de tratamento medicamentoso e de cuidado interdisciplinar.
  • Organizamos ações de apoio para comunidades em situação de vulnerabilidade, em especial no nosso entorno geográfico. Faremos coleta e distribuição de alimentos e materiais de limpeza para auxiliar as famílias que precisam de ajuda neste momento. Ainda nesta semana teremos comunicados em nossos canais orientando sobre a coleta e a doação destes insumos.

Pedimos a São Marcelino Champagnat e a nossa Boa Mãe que continuem abençoando estudantes, professores, colaboradores e todas as pessoas do nosso país para que, juntos, possamos atravessar este momento da melhor forma.

#fiqueemcasa

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 5 | 20/03/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde nesta sexta-feira (20), informa sobre novas deliberações referentes à pandemia de Coronavírus:

Os câmpus Toledo, Maringá e Londrina estão fechados por decreto municipal – os atendimentos acontecerão apenas por e-mail e telefone.  Em Curitiba, a Secretaria Acadêmica (SIGA) e as estruturas administrativas seguem fechadas. Os atendimentos acontecem via chat SIGA Online (https://sigaonline.pucpr.br/) ou PUCPR App (https://portaldoestudante.pucpr.br/).

Laboratórios e Biblioteca também permanecem fechados – cabe ressaltar que nossa biblioteca virtual conta com um grande acervo, a inteira disposição dos estudantes.

Já o Serviço de Apoio Psicopedagógico aos estudantes da PUCPR (SEAP), segue com o atendimento online pela plataforma Blackboard, enquanto as missas na Capela não contam com a presença de público, mas são transmitidas pelo Instagram da paróquia (@paroquiapucpr).

Desde a última quinta-feira (19), as aulas de graduação e pós-graduação estão acontecendo em ambiente digital, com professores e estudantes engajados e participativos. Aproveitamos para ressaltar que estudantes dos cursos de saúde estão voluntariamente alocados em postos de trabalho de unidades públicas de atendimento de saúde.

Aos demais, é importantíssimo que o isolamento social aconteça não apenas na Universidade, mas em quaisquer locais com aglomeração de pessoas, como shoppings, bares, restaurantes e outros. Pessoas em situação de vulnerabilidade – com mais de 60 anos, grávidas e pertencentes a grupos de risco – devem seguir as recomendações de órgãos de saúde e evitar contato social desde já. As definições de grupo de risco podem ser encontradas em https://pucpr.br/coronavirus.

Caso existam novas orientações, estudantes, professores e colaboradores serão imediatamente informados por meio de novo Boletim.

Novas atualizações e informações sobre a pandemia estão disponíveis em https://pucpr.br/coronavirus

Atenciosamente,

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 4 | 17/03/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), após reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde na manhã desta terça-feira (17), informa sobre novas deliberações referentes à pandemia de Coronavírus:

Por conta das novas diretrizes da Secretaria Estadual de Saúde, publicadas no final do dia 16/03/2020, as decisões sobre a migração das atividades presenciais para ambiente digital, que antes se aplicavam apenas à Curitiba, agora também se empregam aos demais Câmpus: Londrina, Maringá e Toledo.

Todos os estudantes que não se sentem seguros em ir à Universidade nos dias 17/03 e 18/03 terão faltas abonadas. Neste período os professores estão postando os materiais no ambiente virtual de aprendizagem já utilizado pela Universidade, para que os estudantes possam acompanhar de maneira remota, caso assim prefiram.

É importantíssimo que, caso o estudante opte por esta alternativa, o isolamento social aconteça não apenas na Universidade, mas em quaisquer locais com aglomeração de pessoas, como shoppings, bares, restaurantes e outros. Pessoas em situação de vulnerabilidade – com mais de 60 anos, grávidas e pertencentes a grupos de risco – devem seguir as recomendações de órgãos de saúde e evitar contato social desde já. As definições de grupo de risco podem ser encontradas em https://pucpr.br/coronavirus.

A partir do dia 19/03 estão suspensos, além dos encontros presenciais, as seguintes atividades em Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo:

Biblioteca (aberta apenas para empréstimo de livros, não como local de estudos. Vale
lembrar que todo o acervo digital, já utilizado pelos estudantes, continua disponível no acesso à biblioteca virtual);
Clínica Odontológica;
Clínica de Fisioterapia;
Clínica Veterinária;
Núcleo de Prática Jurídica (NPJ);
Núcleo de Práticas em Psicologia (NPP);
Demais núcleos e Unidades Acadêmicas da PUCPR.

Atenção:
Os estudantes que não possuem acesso ao computador ou internet em suas casas poderão ir presencialmente utilizar os laboratórios de informática da PUCPR, respeitando boas práticas de não aglomeração de pessoas, etiqueta respiratória e ventilação/higiene do ambiente.

A Secretaria Acadêmica (SIGA) e as estruturas administrativas seguem abertas para atendimento presencial, com reforço na higiene, limpeza e ventilação do ambiente.

Caso existam novas orientações, estudantes, professores e colaboradores serão imediatamente informados por meio de novo Boletim.

Novas atualizações e informações sobre a pandemia estão disponíveis em https://pucpr.br/coronavirus

Atenciosamente,
Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 3 | 16/03/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) informa sobre novas deliberações referentes à pandemia de Coronavírus, após reunião do Comitê de Acompanhamento de Saúde na manhã desta segunda-feira (16).

Câmpus Curitiba:
As aulas presenciais irão seguir até quarta-feira (18). A partir de quinta-feira (19) todas as atividades acadêmicas acontecerão 100% em ambiente digital.

Câmpus Londrina, Maringá e Toledo:
Uma vez que não há nenhum caso de contaminação nestas cidades, as atividades presenciais estão mantidas e a migração para atividades 100% online acontecerá conforme a evolução local dos contágios. Cada situação continuará sendo acompanhada individualmente.

Em todas as localidades:
A partir de segunda-feira (16) os estudantes que não se sintam seguros em vir à Universidade terão faltas abonadas. Os professores irão postar os materiais no ambiente virtual de aprendizagem já utilizado, para que os estudantes possam acompanhar a distância, caso assim prefiram;

É importantíssimo que, caso o estudante opte por esta alternativa, o isolamento social aconteça não apenas na Universidade, mas em quaisquer locais com aglomeração de pessoas, como shoppings, bares, restaurantes e outros. Pessoas em situação de vulnerabilidade – com mais de 60 anos, grávidas e pertencentes a grupos de risco – devem seguir as recomendações de órgãos de saúde e evitar contato social desde já.

Além destes pontos, a Universidade informa que nesta segunda-feira (16), no período da tarde, haverá reunião da Secretaria Estadual de Saúde, em que o Governo do Estado deliberará novas diretrizes. A PUCPR estará presente e, caso existam novas orientações, estudantes e colaboradores serão imediatamente informados por meio de novo Boletim.

Novas atualizações e informações sobre a pandemia estão disponíveis em https://pucpr.br/coronavirus

Atenciosamente,

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 2 | 15/03/2020

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) informa que, neste domingo (15), se reuniram na Universidade Federal do Paraná (UFPR) representantes das secretarias estadual e municipal de saúde e reitoria de diversas universidades públicas e privadas, para conversarem sobre a evolução da pandemia de coronavírus e eventuais paralisações de atividades nas Instituições de Ensino Superior (IES).

As secretarias municipal e estadual da saúde, assim como a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), destacam que medidas mais restritivas, como paralisação das aulas, são recomendadas quando a transmissão alcança o estágio local e comunitário, em que não é possível determinar a origem do contágio. Outra orientação diz respeito ao afastamento imediato de todos os professores e estudantes, com mais de 60 anos, e/ou com comorbidades (diabetes, hipertensão, doenças pulmonares), considerados como parte do grupo de risco da nova epidemia. Após o encontro as entidades de saúde locais emitiram uma nota fundamentando seu posicionamento. O comunicado pode ser lido na íntegra aqui: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/emreuniao-com-universidades-saude-orienta-a-nao-suspensao-imediata-dasaulas/55253

Considerando que Curitiba ainda está na fase de transmissão importada (1ª fase), com poucos casos confirmados, todos vindos do exterior, e seguindo as diretrizes das entidades de saúde, a PUCPR manterá a maior parte das aulas presenciais nesta segunda-feira (16), quando o Comitê de Acompanhamento de Saúde da Universidade irá se reunir novamente pela manhã para novas deliberações. Apenas as atividades ministradas por professores com mais de 60 anos já serão online a partir da segundafeira (16) – cada professor irá contatar sua turma pelos ambientes virtuais de aprendizagem já utilizados e combinará como serão as atividades.

A PUCPR ressalta que todos os professores estão dedicados a adaptar planos de ensino e que, quando o momento chegar, não haverá suspensão das atividades acadêmicas, mas sim migração para as plataformas digitais já adotadas e utilizadas pela Universidade.

A Universidade reitera também que todas as ações de higiene e ventilação dos ambientes estão sendo reforçadas para a continuidade das atividades presenciais. A partir de avaliações diárias serão divulgados novos boletins com informações atualizadas.

O boletim N. 1 e mais informações sobre a pandemia estão disponíveis em https://pucpr.br/coronavirus

Atenciosamente,

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Nº 1 | 13/03/2020

Nesta semana, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o coronavírus (COVID-19) tornou-se uma pandemia. Todas as ações de higiene e ventilação dos ambientes da Universidade estão sendo reforçadas e as aulas, neste momento, estão mantidas.

A PUCPR está seguindo as orientações da Secretaria de Saúde e demais órgãos oficiais e organizando um plano de contingência específico para minimizar os impactos caso se torne preciso suspender as atividades. A partir de avaliações diárias serão divulgados novos boletins com informações atualizadas.

A partir do dia 16/03 estão suspensas as seguintes atividades, por período indeterminado:

  • Eventos extracurriculares em que se prevê aglomeração de 50 pessoas ou mais, como palestras, discussões ou outros;
  • Todas as atividades do Núcleo de Aprendizagem da Pessoa Idosa (NAPI), por se tratar de um grupo de risco;
  • Missas e demais atividades na Paróquia Universitária Jesus Mestre;
  • Algumas atividades de campo da Escola de Medicina, conforme orientação detalhada que será encaminhada por cada coordenador;
  • Todas as ações de esporte e cultura, conforme orientação detalhada que será enviada pelo setor.

Além dessas ações, a Instituição reforça e orienta seus estudantes e colaboradores que porventura encontram-se em viagem internacional que permaneçam em isolamento domiciliar por um período de 14 dias, afastados de suas atividades acadêmicas.

Solicitamos também que entrem em contato com a Instituição através do telefone (41) 3271-1515 (selecione a opção 0) ou pelo e-mail [email protected] imediatamente após o seu retorno ao Brasil, no intuito de receber informações adicionais e referentes a questões acadêmicas.

No 15º dia, não apresentando nenhum sintoma, o estudante pode retomar sua rotina normal. Porém, apresentando sinais comuns de infecção, que incluem febre, tosse e dificuldades respiratórias, o estudante deve procurar imediatamente um serviço médico.

Aproveitamos para compartilhar algumas recomendações básicas

Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum, mas também causam doenças graves como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).

Em 31 de dezembro de 2019 o escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) foi informado sobre casos de pneumonia de etiologia desconhecida detectados na cidade de Wuhan, na Província de Hubei, parte central da China. Em 12 de janeiro de 2020, a China divulgou a sequência genética de um novo coronavírus (2019-nCov) sendo responsável por estas infecções.

1

Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

2

Higienizar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

3

O uso de álcool em gel é altamente recomendado para manter a assepsia. Todas as instalações da PUCPR possuem dispensadores de álcool em gel devidamente identificados;

4

Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis e após lavar as mãos).

Casos mais leves de infecção por Coronavírus se assemelham a um quadro gripal ou resfriado comum, dificultando o diagnóstico. Sinais comuns de infecção incluem sintomas respiratórios, febre, tosse e dificuldade respiratória. Em casos mais severos a infecção pode causar pneumonia, síndrome respiratória aguda grave e até óbito.

De acordo com informações do Centro de Controle de Doenças dos EUA (CDC), o período de incubação do 2019-nCoV é de cerca de 2 a 7 dias podendo chegar a 14 dias após a exposição.

Em humanos, quando ocorre a transmissão pessoa a pessoa, o coronavírus pode ser transmitido principalmente pelas gotículas respiratórias, por tosses e espirros em curta distância, ou contato com objetos contaminados pelo vírus, semelhante à influenza ou outros vírus respiratórios.

Entre em contato conosco através do formulário abaixo para mais informações: