Pesquisa e Inovação

Pesquisa e inovação estão no DNA da Escola Politécnica da PUCPR. Seu desafio é formar profissionais que tenham um olhar crítico para as demandas da sociedade e consigam solucioná-las de maneira inovadora.

Já na graduação, os estudantes têm contato com a pesquisa por meio do PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica), que permite o contato com a metodologia científica e a descoberta da ciência por meio de projetos que procuram despertar a vocação para a pesquisa desde cedo.

Na Escola Politécnica especificamente, alguns projetos, além do PIBIC, procuram despertar o talento de jovens pesquisadores. O Bepid (Brazil Educational Program for iOS Development) é um programa de formação de desenvolvedores de aplicações iOS, cujo objetivo é fomentar projetos de softwares inovadores em qualquer área do conhecimento.

Já o Ecohabitare é um centro de pesquisa que faz parte do primeiro Centro Regional de Integração de Expertise da América Latina da UNESCO/UNU- IAS. Os trabalhos tiveram início em 2005 com a proposta de construir uma casa de conscientização nas escolas públicas e privadas a partir de materiais recicláveis encontrados na comunidade. O centro é composto por uma equipe interdisciplinar e interinstitucional que tem por objetivo oferecer diferentes técnicas na construção de casas para comunidades em situação de vulnerabilidade social. Na PUCPR, o Ecohabitare está diretamente ligado ao curso de Engenharia Civil, mas também envolve estudantes e professores de outros cursos.

Outro destaque é a Equipe PUCPR de Robótica Móvel, formada por estudantes do curso de Engenharia de Controle e Automação da PUCPR, que desenvolve os mais diversos tipos de robôs móveis para competições, dentre as quais se destacam a guerra de robôs, o hóquei de robôs, o sumô de robôs e os seguidores de linhas. Nos últimos anos, a equipe tem se destacado nas competições em que participa, estando atualmente em sétimo lugar no ranking nacional.

Destaca-se também o projeto Baja PUCPR, que tem como finalidade estimular o desenvolvimento de veículo offroad monoposto, que coloca em prática os conhecimentos adquiridos pelos estudantes em sala de aula, por meio de competições promovidas pela SAE BRASIL. A coordenação do curso de Engenharia Mecânica, anualmente, indica para o projeto um professor cuja responsabilidade é orientar os estudantes por meio das teorias aplicadas ao projeto Baja SAE.

Unindo prática e conhecimento técnico, a Escola Politécnica da PUCPR cumpre a missão de formar profissionais com competência para conceber, projetar, implementar e operar sistemas complexos para construir um futuro mais humano, inteligente e sustentável.