Planeta PUC

Planeta PUC - 24 out 2018

Viver de arte? Sim, com muitas oportunidades

Conheça os diferenciais e possibilidades de atuação oferecidos pelos cursos de Música e de Teatro da PUCPR

A expressão do belo, a verdade revelada, o espaço de união entre os homens, a imitação da natureza. São inúmeras e muito inspiradoras as definições já feitas sobre a arte ao longo da história, mas é importante acrescentar: arte também é profissão e tem espaço no mercado. Os cursos de Teatro e de Música da PUCPR são a prova disso.

Muito além do trabalho performático nos palcos e em frente às câmeras, o curso de Bacharelado em Teatro prepara os estudantes para as diversas possibilidades do universo da cultura, que abrange novas tecnologias, produção cultural, composições cênicas, iluminação, sonoplastia, figurino, dublagem, teatro empresarial, entre outras áreas.

De acordo com a coordenadora do curso, Silvia Monteiro, ao longo de quatro anos o estudante de Teatro é preparado para ser um gestor de sua própria carreira, afastando-se da ideia ultrapassada do artista que fica à espera de convites, para tornar-se um empreendedor. “Viver de arte e cultura é perfeitamente possível, tanto por meio de pesquisas e gestão de projetos quanto por experimentações mais conceituais”, revela. “Incentivamos as turmas a explorar novos modos de produção que utilizam diferentes tecnologias, fazem crossmedia e criam produtos sob demanda, sem depender unicamente de linhas de incentivo”, complementa.

Ao final da graduação, os estudantes entregam um artigo científico e um produto que pode ser peça de teatro, performance, curta-metragem ou qualquer outro dentro das linguagens experimentadas ao longo do curso. “Os grupos recebem um fomento da PUCPR para que, além de aprender a fazer a gestão financeira do projeto, eles saiam do curso com um produto pronto para ser comercializado”, afirma Silvia.

Igualmente voltado para o mercado é o curso de Licenciatura em Música, que prepara os estudantes para lecionar, entre outras atuações. “A música é um conteúdo obrigatório no Ensino Básico brasileiro, o que abre amplamente o leque de oportunidades de trabalho”, revela Viviane Kubo, coordenadora do curso na PUCPR.

Com duração de quatro anos, a graduação oferece o conhecimento teórico, com disciplinas de História da Música, Etnomusicologia, Educação Musical, entre outras; e prático, com o ensino de Flauta, Violão, Piano, Canto e Percussão.

“Temos um estúdio de gravação moderno para atender disciplinas de Tecnologia e Produção Musical, as quais contemplam a criação de jingles e músicas para filmes, publicidade e outros produtos audiovisuais”, conta Viviane. “Além disso, em conjunto com a turma de Jogos Digitais, nossos estudantes desenvolvem a trilha sonora desses artefatos de entretenimento, o que também tem se mostrado uma ótima oportunidade de atuação no mercado”, diz.

Sim, é possível viver de Teatro ou Música no Brasil. Mais do que isso, é viável fazer carreira, conquistar o mercado e crescer nessas áreas. Assim como nas outras profissões, são necessários conhecimento, dedicação e, como diz a professora Silvia Monteiro, “muito amor e coragem, o resto a gente ensina”.

Recomendadas para você