Biblioteca

Biblioteca - 15 jun 2018

Superação de Marcio Nalon resulta em exposição

Com mais de 16 anos de experiência, o artista já recebeu reconhecimento internacional

Começa nesta sexta-feira, 15, e vai até sábado, dia 30 de junho, a exposição “Superação pela Arte”, que exibe pinturas do artista Marcio Nalon, na biblioteca do Câmpus Maringá da PUCPR. Marcio começou a pintar depois de ficar tetraplégico em um acidente em uma piscina, que aconteceu em 1998. Após mais de 16 anos de experiência, já teve obras comercializadas na Europa e Estados Unidos.

Assim que sofreu a fatalidade, ele desafiou as perspectivas de vida a que foi submetido, se determinando a vencer as dificuldades. “O principal motivo de eu estar pintando é o de mostrar para as pessoas, e principalmente aos cadeirantes, que nem tudo está perdido. Eu não tenho coordenação, amarro o pincel na mão para pintar, mas aprendi com o tempo a fazer essas artes. Devemos ter vontade de mudar a nossa situação”, aconselha Nalon.

O pintor conta com um portfólio de aproximadamente mil obras, já expostas nacional e internacionalmente. Apesar do sucesso, ele afirma que gerar motivação é o principal objetivo do seu trabalho. “O que realmente importa são as conversas de motivação que tenho com as pessoas. Muitos desistem facilmente das coisas, não acreditam que algo melhor pode acontecer por trás de uma situação ruim, precisamos acreditar”, diz.

Exposição “Superação pela Arte”
Data da Exposição: 15/06/2018 à 30/06/2018;
Horário de visitação: segunda a sexta-feira das 8h às 22h e sábados das 8h às 12h;
Local: PUCPR – Biblioteca Câmpus Maringá;
Contato: (44) 3025-8700 ou biblioteca.maringa@pucpr.br.