Projeto Comunitário

Projeto Comunitário - 12 set 2019

Acadêmicos do Câmpus Maringá passam a tarde em estádio de futebol com crianças de Centro de Educação

Foi um dia marcada por muita diversão para as crianças e vivencias marcantes para os acadêmicos

Brincadeiras lúdicas e pedagógicas, incentivando a construção de projetos de futuro através da educação: assim foi a tarde da última quinta-feira (05), para cerca de 80 crianças do Centro de Educação Marista Enfermeira Anita Cordeiro, de Paiçandu em Maringá.

Com muita diversão e aprendizados, elas participaram do Projeto Venha Brincar e Aprender na PUC que, neste semestre, foi diferente – a atividade aconteceu no Estádio Regional Willie Davids, que fica em frente ao Câmpus da Universidade.

A acadêmica Andressa da Silva, do curso de Direito do Câmpus Maringá, compartilha sua experiência que, de acordo com ela, mesmo sendo detalhes fazem toda a diferença no modo de pensar:

“As crianças são muito inteligentes e carinhosas. Passar esse dia com elas foi gratificante, poder vivenciar isso serviu também para me fazer refletir. Gostaria de relatar algo que me marcou muito, no final da tarde.

Distribuímos chocolates para as crianças e uma pequena veio até mim e disse: “olha tia, comi só metade e vou guardar a outra parte para a minha mamãe, porque ela vai chegar do trabalho e não tem nenhum docinho pra comer”. Isso me marcou tanto, porque mesmo ela estando ali, na empolgação de ter brincado e vendo os outros coleguinhas comerem tudo, ela lembrou da “mamãe”, e guardou um pedacinho de chocolate para ela. Eu corri logo buscar outro bombom para que ela pudesse comer o dela inteiro.

São coisas “mínimas” que nos marcam e acredito que quem estava ali em volta e ouviu, também sentiu o coração quentinho de amor, por ver a pureza dela.

Nesse dia eu vi que não precisamos fazer muito para fazer tanto, para fazer grande… Com paciência, amor, carinho e muita atenção, um coração pode ser preenchido e confortado”, comenta Andressa.

Recomendadas para você