Relacionamento Ensino Médio

Relacionamento Ensino Médio - 25 jan 2019

Mais de 100 jogos produzidos durante 48 horas na Global Game Jam

O tema do desafio para criação de games será lançado às 18h desta sexta-feira (25)

Nesta sexta-feira (25), começa a Global Game Jam – maratona de criação de games – em mais de 800 lugares em 100 países diferentes. Serão 48 horas, a partir da divulgação do tema do desafio, às 18h, para desenvolver um jogo digital, de tabuleiro, realidade virtual, envolvendo hardware, esportes e gincanas ou aventuras de RPG. A PUCPR, juntamente com o curso de Tecnologia em Jogos Digitais, promove o evento pela 10ª vez e é sua maior sede na América Latina.

Neste ano, vão ser cerca de 600 pessoas que formarão 100 equipes. Elas ficarão alojadas no Câmpus até a finalização dos games. No domingo (27), o evento é aberto ao público, que vai poder conferi-los. Nos dias 1° e 2° de março, os jogos mais votados farão parte da Play Party, exposição pública da Global Game Jam.

O professor Bruno Campagnolo, coordenador da graduação de Tecnologia em Jogos Digitais da PUCPR, diz que “o jogo é um artefato cultural e de expressão. Assim como um vídeo ou como um livro, serve para você exprimir uma ideia e colocar na realidade”. Para ele, “esse evento é importante para que os estudantes se insiram no mercado real de jogos, que é mundial”.

Como a competição envolve múltiplos conhecimentos, profissionais de várias áreas participam, desde programadores e digital makers até músicos, designers, entre outros. “A principal característica desenvolvida nos nossos estudantes é trabalhar em grupo, uma habilidade que é muito importante durante toda a nossa vida profissional. Aprendem também a trabalhar com a pressão do tempo”, completa o professor Bruno.

Além da Global Game Jam ser uma oportunidade de expansão de portfólio, também é um espaço de diversão. Durante o período do evento, serão realizadas outras atividades, como:

  • Ilha Avell com jogatina livre;
  • Espaço VR (Beenoculus): sala destinada a suporte a jogos em VR;
  • Exposição de personagens de quadrinhos curitibanos em parceria com a Gibiteca de Curitiba;
  • Concurso de cosplay em parceria com Shinobi Spirit;
  • Sala de Vídeo (Gamescola): suporte a criação de videos para os jogos;
  • Sala RPG (JOGARTA): suporte a criação de aventuras de RPG.
  • Mentorias dos jammers veteranos e de evangelistas e especialistas da Unity, Epic Games e Google;
  • Sala para profissionais de som, com o grupo OnLoop;
  • Algumas surpresas comemorativas pela décima edição do evento!

A entrada à Global Game Jam é gratuita e pode ser feita pela internet. Também é possível acessar os relatórios para conferir jogos produzidos nas edições passadas de Curitiba.

Recomendadas para você