Fique por dentro

Fique por dentro - 13 mar 2018

PUCPR inaugura oficialmente American Academy

Cerimônia de abertura, que contou com a participação da delegação da Kent State University, aconteceu na manhã desta terça (13)

Crédito: Edjane Madza.

A inauguração oficial do American Academy, iniciativa pioneira no país que traz um novo formato de graduação internacional, movimentou a Pontifícia Universidade Católica do Paraná na manhã desta terça (13). Na data, Waldemiro Gremski, reitor da PUCPR, Paulo Mussi, idealizador do programa, e Beverly Warren, presidente da Kent State University, esclareceram sobre os benefícios da parceria das universidades para a educação mundial.

Waldemiro Gremski, reitor da PUCPR, explica que o American Academy traz ao estudante uma formação integral – voltada tanto para o desenvolvimento profissional quanto para a formação de um cidadão ético, solidário e honesto. “O programa visa principalmente uma formação humanística”, relata. “A Kent State trouxe todo esse diferencial que nossa Universidade está ofertando agora. Ganhamos muito oferecendo o formato, já que é a primeira iniciativa assim em todo o país”, esclarece.

Segundo Gremski, a presença de delegação de Kent é muito mais que uma simples visita. “A vinda da comitiva é a coroação de um processo de integração iniciado há mais de dois anos, estabelecendo-se nesse período respeito e confiança entre as duas instituições, com ambas acreditando que levar isso a bom termo é o grande objetivo tanto da PUCPR quanto da Kent”, relata o reitor.

Para Beverly Warren, presidente da universidade americana, a inauguração do American Academy foi uma ocasião linda. “Espero que vocês estejam sentido a beleza desse momento especial, em que nós estamos focando na união de nossos trabalhos e em algo que nunca foi feito: é uma lenda que nunca foi executada”, diz. “É hora de unirmos mãos, mentes e corações para criarmos algo que nós sabemos que pode ser um exemplo de como uma grande educação pode ser entregue”, relata.

Beverly lembra que o objetivo do programa é que os estudantes achem seu propósito. “O valor do Liberal Arts é que, com ele, você pode explorar e testar o mundo, além de decidir com sabedoria onde está o seu propósito e sua paixão na vida”. Além disso, ela acredita que juntas as universidades podem fazer a diferença. “As pessoas mudam o futuro da educação através de todo o mundo. Juntos nós ainda vamos muito longe e voaremos alto”, completa.

De acordo com Paulo Mussi, um dos idealizadores e responsáveis pelo programa, a Universidade está inovando diante das mudanças. “Há uma necessidade de mudar. Os problemas cotidianos demandam interdisciplinaridade e, além disso, precisamos trazer para dentro da Universidade uma dimensão internacional”, ressalta. O estudante do programa, segundo Mussi, estará apto a solucionar problemas contemporâneos e desenvolver habilidades para viver plena e livremente.

Estiveram presentes na cerimônia de inauguração autoridades da Kent State University, da PUCPR, representantes de outras instituições de ensino e também do governo.

Crédito: Edjane Madza.

 Saiba mais sobre o American Academy

 O programa consiste no estudante iniciar uma graduação americana no Brasil, com professores da Kent State University e optar por concluir o curso nos Estados Unidos ou em Curitiba. O modelo de ensino superior disponível a partir de julho é resultado da parceria entre a PUCPR e a Kent State University (KSU). O American Academy traz inovações importantes para o público brasileiro: combina o modelo de ensino norte-americano voltado para formação humanística e global com o novo currículo da PUCPR, focado no desenvolvimento de competências para o século 21. As inscrições para as primeiras turmas e mais informações sobre o programa estão disponíveis aqui.

 

 

Créditos das fotos: Edjane Madza.