Destaque

Destaque - 10 jan 2019

Ciência de Dados: a profissão do presente e do futuro

Estar habilitado a analisar e interpretar grandes volumes de dados digitais é uma mão de obra já buscada por empresas e que promete continuar em ascensão

Estima-se que os gastos totais relacionados à Big Data e ao Analytics – tecnologias que trabalham com a coleta e análise de grandes volumes de dados digitais – vão crescer 18% em relação a 2017 e atingir US$ 3,2 bilhões no Brasil, considerando infraestrutura, software e serviços, segundo previsão da consultoria IDC – uma das principais da área de tecnologia em escala global. Diversos setores têm se beneficiado dessa tecnologia, com destaque para o financeiro, o varejo e o comércio eletrônico.

Nesse contexto, o mercado já absorve (e vai passar a contratar ainda mais) profissionais habilitados a atuar nesta área – os cientistas de dados, ofício que ainda é novidade para muitas companhias, mas que é capaz de transformar os resultados de um negócio.

Dentro da Escola Politécnica da PUCPR, o curso de Ciência de Dados visa desenvolver as competências necessárias para que o profissional possa coletar e usar dados disponíveis em fontes públicas e de redes sociais, fazendo com que essas informações sejam usadas como apoio para a tomada de decisões, além de insights que propiciem a inovação e a melhoria dos resultados empresariais.

No curso, temas como Machine Learning (quando se usam algoritmos para coletar dados, analisá-los e fazer previsões) e Deep Learning (um machine learning mais avançado, baseado em padrões mais complexos) são abordados de forma teórica e prática, permitindo a manipulação de dados reais e a execução de tarefas comuns em aplicações comerciais e que serão exigidas por esses profissionais.

Dentro do curso, quatro disciplinas vão focar no desenvolvimento de um projeto que englobe Ciência de Dados em sua essência: da coleta de dados à avaliação final do processo, abordando assuntos como Processamento de Linguagem Natural e Visão Computacional.

Uma grande oportunidade

Toda empresa gera dados relacionados aos seus processos internos e produtivos, a relação com os consumidores e com os fornecedores, entre outras inúmeras possibilidades. Ao longo do tempo, essa informação se torna uma oportunidade de alavancar o negócio, entendendo mais sobre diversos assuntos relacionados à formação de receitas, à capacidade produtiva como um todo e ao comportamento do consumidor.

Ao se debruçar sobre esse tipo de informação, é possível identificar padrões, confirmar tendências e simplificar a tomada de decisão por parte dos gestores. Embora Big Data e seus termos relacionados tenham entrado de vez no vocabulário da imprensa e do universo corporativo, não se trata de uma tarefa trivial e muito menos uma mão de obra disponível em abundância no mercado.

Pesquisa realizada pela Michael Page, uma das empresas líderes em recrutamento de executivos, aponta que os cientistas de dados serão um dos profissionais mais buscados em 2019. Não à toa, empresas do porte de Google, Facebook, IBM, entre outras, consideram a área de cientistas de dados uma das mais requisitadas.

Na PUCPR, o curso é ministrado em parceria com outras pós-graduações da área de Computação, o que amplia a oportunidade de aprendizado e, sobretudo, de networking.

Além do curso de Ciência de Dados, a Escola Politécnica conta com cursos alinhados às demandas do mercado, como App Development, Cybersecurity, Desenvolvimento em Blockchain, Energias Renováveis, Gestão de Banco de Dados e Big Data, Inteligência Artificial Aplicada, Internet das Coisas (IoT) e Tecnologias Emergentes.