Reitoria

Reitoria - 11 mar 2019

Cerimônia de dupla diplomação com Università Degli Studi di Ferrara acontece na PUCPR

Diploma estrangeiro é entregue pela primeira na vez na PUCPR à formada de Arquitetura e Urbanismo

Nesta segunda-feira (11) foi entregue, pela primeira vez na PUCPR, o diploma de dupla diplomação do curso de Arquitetura e Urbanismo com a Università Degli Studi di Ferrara, na Itália. A cerimônia aconteceu na reitoria.

Entrega_diploma_Universidade_di_Ferrara_PUCPR

A estudante Thais Fernandes Otto passou um ano e meio do total de cinco que compõem o curso no país europeu. Lá, ela contou com uma experiência acadêmica de excelência, além de se desenvolver pessoalmente. Hoje, ela pensa em trabalhar fora do país e acredita que o histórico acadêmico internacional pode contribuir com seu sonho: “Se eu quiser procurar algum escritório fora acho que vai fazer toda a diferença ter um currículo de lá”, diz.

A entrega do documento contou com a presença do professor vice-reitor Vidal Martins, professor Marcelo Távora Mira (diretor de internacionalização), professor José Luiz Casela, professora Ângela Leitão (decana da Escola de Arquitetura e urbanismo) e professor Humberto Fogaça (coordenador do curso de Arquitetura).

Segundo a professora Ângela, muitos estudantes que passam pela graduação na Itália acabam voltando para o país. Ela afirma: “a gente percebe que o percurso de vida acaba mudando em função dessa experiência”.

Já o professor Humberto certifica que “todos os que vão voltam absolutamente melhores com a visão do seu próprio curso, do seu estudo e do mundo”. Ele complementa: “é como se fosse um intensivo dentro dos 5 anos do curso. Esse um ano e meio a dois anos que eles ficam fora, fazem com que eles aprofundem muito mais a experiência”.

A parceria entre Arquitetura e Urbanismo e a Universidade di Ferrara já dura cinco anos. Nesse tempo, 23 representantes da PUCPR passaram pela instituição estrangeira, enquanto 18 italianos vieram ao Brasil. Cada processo de seleção para dupla diplomação disponibiliza cinco vagas e, no último, 27 estudantes se candidataram.

 

Recomendadas para você