Gente da PUC

Gente da PUC - 12 jun 2019

Sempre pronta para mudanças imprevisíveis na vida

Laissa encontrou no American Academy uma formação que é a sua cara: aberta às possibilidades do mundo

Quando perguntavam à pequena Laissa o que seria quando crescesse, a resposta já vinha na ponta da língua, mas nem sempre era a mesma. Seria policial, cabeleireira e, vez ou outra, agente secreta.

A infância é aquela fase em que podemos ser de tudo, quando sonhamos com incontáveis caminhos por onde ir. Mas fato é que a pequena cresceu, passou por mudanças, transformou seus sonhos e hoje cursa o primeiro ano do American Academy, na PUCPR.

laissa_aproveita_todas_as_possibilidades_do_american_academy1
A trajetória de Laissa fez com que ela optasse por uma formação com várias possibilidades

Laissa Bellini Watanabe tem 19 anos e já morou em tantas cidades que, quando questionada, precisa parar e reconstituir a própria trajetória. Nasceu em São Paulo, mas devido ao trabalho do pai, médico, mudou-se constantemente, passando pelo interior de Santa Catarina antes de chegar a Curitiba.

Foi em Chapecó, no ensino médio, que a trajetória de Laissa começou a apontar para cá. Matriculada no Colégio Marista naquela cidade, envolveu-se com a Pastoral Juvenil e decidiu que queria estudar na PUCPR.

O tempo passou e, em 2017, Laissa desembarcava em Curitiba para realizar o plano. Mas uma nova virada ainda aconteceria dois anos depois.

De todas as profissões sonhadas, Laissa acabou matriculada no curso de Sistemas de Informação, na Escola Politécnica. A área de exatas não era exatamente o que ela esperava. E é aí que surge o American Academy na vida de Laissa.

Quando conheceu o programa, encantou-se com a ideia de poder estudar dois anos em inglês para só então decidir qual carreira seguir. “As matérias estão me abrindo a cabeça para o mundo”, explica, já fazendo planos para os próximos anos.

laissa_estuda_no_programa_american-_academy_da_pucpr
Laissa já faz seus planos para o futuro

Após concluir os dois primeiros anos na PUCPR, Laissa pretende seguir para a Kent State University, nos Estados Unidos, onde o American Academy lhe dá a possibilidade de optar por mais de 300 possibilidades diferentes de formação. É a graduação que Laissa sempre sonhou. “Eu preciso da mudança”, diz com o brilho nos olhos de quem quer aproveitar todas as possibilidades.

Ainda no primeiro ano, Laissa está empolgada com os novos amigos que já fez no curso e deve guiar sua formação para a área das Artes. O cinema é uma grande possibilidade. Mas, sejam lá quais forem as mudanças que vierem, Laissa está preparada e decidida a ir além.