Propostas de Ações

O modelo de formulário para apresentação de proposta de ações sociais alternativas, independentemente do proponente, deve ser submetido à apreciação e aprovação do Núcleo de Projetos Comunitários, o qual considerará como critério de análise a vinculação às seguintes prioridades de ação: Integração e autonomia dos municípios; Apoio ao autoemprego e geração de renda; Defesa e promoção dos direitos humanos; Apoio a instituições beneficentes e de promoção comunitária; Melhoria da qualidade de vida das comunidades; Promoção e assistência à saúde; Promoção dos marginalizados; Apoio à cultura ecológica; Assistência a pessoas com necessidades especiais.

As propostas de ações sociais alternativas provenientes da comunidade interna da PUCPR podem ser apresentadas por: Núcleos ou qualquer outro órgão da Universidade; Decanos, Coordenações e Professores de Cursos; Acadêmicos: individual ou coletivamente; Colaboradores da PUCPR.

Proposta de Ações
Modelo de Proposta de Ação

Não são aceitas

As ações serão avaliadas de acordo com sua viabilidade. Não podendo conter:

  • Proselitismo religioso ou político-partidário.
  • Eventos exclusivamente religiosos e/ou espirituais.
  • Atividades referentes a estágio curricular ou estágio profissional.
  • Atividades profissionais remuneradas.
  • Participação em atividades acadêmicas e/ou culturais, como seminários: congressos, simpósios, monitoria, grupos de estudo e similares.
  • Atividades assistencialistas isoladas, como: doações e participação em campanhas, desvinculadas de ação comunitária.

Não são válidos

As propostas de ação social não podem, em hipótese alguma, prever benefícios pessoais aos participantes, quer sejam coordenadores, quer sejam estudantes ou qualquer outra pessoa envolvida. Também não são válidos os seguintes tipos de ações, ainda que realizadas na própria PUCPR:

  • Correção de tarefas de professores.
  • Desempenho de cargos diretivos ou colaborativos nas entidades estudantis.
  • Serviço de bolsistas ou estágios remunerados.
  • Atividades administrativas em direções, núcleos, departamentos ou qualquer outro órgão da Universidade.