Núcleo de Estudos de Caso

Criado com o objetivo de fomentar a criação, utilização e desenvolvimento da metodologia de estudos de casos para ensino no ambiente da Escola de Negócios, o Núcleo de Estudos de Caso tem suas atividades integradas aos diferentes níveis de estudo presentes na escola: graduação, lato sensu (especialização) e stricto sensu (mestrado e doutorado) com atividades de:

  • Pesquisa e Desenvolvimento: Criação e desenvolvimento de novos casos para aplicação e estudo.
  • Treinamento: formações de docentes e discentes em técnicas para melhor utilização do método em sala de aula.
  • Aplicação: fomento da metodologia ativa no ambiente universitário de acordo com as diretrizes institucionais.

O case empresarial é uma investigação empírica, uma reconstrução da realidade, para fins didáticos de uma situação gerencial ou organizacional em determinado período de tempo. Pode ser entendido como um conjunto de procedimentos que utiliza casos empresariais como facilitadores no desenvolvimento de competências profissionais, com o objetivo de correlacionar a teoria subjacente de uma determinada área da administração com uma situação organizacional, permitindo recriar em sala de aula o ambiente em que ocorrem decisões nas empresas (BARBOSA; BANDEIRA DE MELO, 2008).

Não deve ser confundido com um exemplo, pois se trata da observação de um fenômeno em um contexto real, especialmente quando as fronteiras entre fenômeno e contexto não são evidentes. Em sua concepção, o estudo de caso é uma investigação empírica e, na sua aplicação, uma estimulação ao pensamento crítico e à capacidade de análise.

O case completo deve ter uma prescrição ao final, ou seja, uma tomada de decisão. O autor deve se colocar como protagonista. Sendo o processo decisório, a forma como chegou à decisão final muitas vezes é mais importante do que a decisão em si.

  • Investigar uma atividade ou situação-problema.
  • Identificar fatores-chave da investigação e pontos mais relevantes na análise proposta.
  • Revelar relações de causa e efeito, possibilidades e relações das variáveis.
  • Desenvolver competências profissionais.
  • Refletir sobre uma situação real vivida por uma empresa ou indivíduo em determinado período.
  • Aplicar os conhecimentos técnicos adquiridos ao longo do curso.
  • Relacionar os conceitos teóricos com a prática vivenciada no mundo dos negócios.
  • Conhecer o funcionamento de uma empresa ou parte dela, assim como o pensamento gerencial.
  • Acelerar a incorporação de novas experiências por parte do estudante e compará-las com a experiência dos demais participantes.
  • Aprimorar as habilidades interpretativas e analíticas, auxiliando no processo decisório.

O desenvolvimento se dá em três fases principais: o projeto (preparação), a coleta de dados (execução) e a análise de dados e redação final (revisão).

Projeto (preparação)

Consiste na formulação do problema e objetivos de estudo, na organização e na identificação das fontes de dados e na definição dos procedimentos de comunicação e coleta de dados, seguindo a estrutura:

  • Descrição do problema.
  • Seleção da organização.
  • Estabelecimento de objetivos.
  • Descrição do contexto.
  • Planos de coleta de dados.
  • Cronograma.

O projeto é uma ferramenta estruturada que define os horizontes e metodologias do estudo e traça o plano de ação para construção do case empresarial. Deve ser elaborado e entregue ao orientador com máxima antecedência, visando ao bom aproveitamento do tempo.

Coleta de dados (execução)

Trata-se da investigação propriamente dita, da realização das entrevistas de integrantes da empresa e do levantamento de todas as informações pertinentes ao assunto abordado e à situação-problema estudada. O levantamento de dados pode se dar por fonte primária, diretamente com a empresa objeto da pesquisa, ou por fontes secundárias, mediante publicações e notícias veiculadas na mídia especializada, além de instituições e associações que tenham divulgado informações e dados importantes.

Análise de dados e redação final

Consiste na tabulação dos dados obtidos na fase de coleta, definindo as informações mais relevantes e que farão parte do texto final. As informações devem ser tratadas e estruturadas de forma a estimular o leitor; pretende-se relatar uma história interessante e desafiadora que permita ao estudante passear pela literatura e formular estratégias para ultrapassar os desafios propostos pelo instrumento de pesquisa.

A redação final segue a estrutura:

  • História do case (redação do case)
  • Notas de ensino
  • Relatório de consultoria

Modelos

  • Fornecer arquivos para Download
  • Projeto
  • Modelo de caso para ensino

Para entrar em contato com o coordenador Allan Esron Pereira Inácio, envie um e-mail para allan.inacio@pucpr.br, ou telefone para (41) 9244-0236. Os atendimentos são feitos de 2ª a 6ª, das 09h00 às 21h00.