Educação Física

Ao longo da história, diversas formas de movimento humano têm surgido com diferentes significados e, atualmente, esportes como lutas, dança e exercício são elementos indissociáveis de uma vida equilibrada, saudável e rica em experiências. A Educação Física é a profissão que investiga essas manifestações e busca aprimorar as potencialidades humanas por meio da sua aplicação. É pensando neste panorama que o curso de Licenciatura em Educação Física da PUCPR elaborou uma grade curricular alinhada às demandas e tendências contemporâneas. Disciplinas como Teoria e Prática da Recreação, Metodologia do Ensino de Educação Física e Saúde na Escola dão ao estudante a formação para atuar em diversos nichos da sociedade.

Inscreva-se

ingresso via nota do ENEMtransferência externaisenção de vestibular para diplomadosReabertura de matrícula

*Valor da mensalidade conforme o número de créditos das disciplinas sugeridas na matriz curricular. Válido para ingressantes 2018. Para informações de Investimento do seu curso consulte a Minha PUC ou pelo Atendimento Online.

 

Atenção! Para os cursos abaixo, o valor da mensalidade é definido conforme o número de créditos das disciplinas sugeridas na matriz curricular. Confira:

Ciências Biológicas (Licenciatura); Ciências Sociais (Licenciatura); Educação Física (Licenciatura); Filosofia (Licenciatura); Filosofia (Bacharelado); Física (Licenciatura); História (Licenciatura); Letras | Português – Inglês (Licenciatura); Pedagogia; Química (Licenciatura); Serviço Social; Teologia (Bacharelado).

Rankings Avaliações

Ícone Troféu Capes

5

GUIA DO ESTUDANTE

Ícone Troféu Capes

4

ENADE 2014

Galeria de Fotos

Ver galeria completa

Experiências de Aprendizagem

Pesquisa

Pesquisa

MAPS Global – Brasil
2014 – Atual

Descrição: O Projeto MAPS Global (Microscale Audit of Pedestrian Streetscape, Global Version) é parte de um estudo internacional denominado IPEN-Study (International Physical Activity and the Environment Study).

Proposto por um grupo corporativo internacional liderado pelo Dr. James F. Sallis, professor do Departamento de Psicologia da San Diego State University (Estados Unidos), e financiado pelo National Institutes of Health (NIH).

O principal objetivo é validar uma ferramenta de auditagem de ruas através do streetview, possibilitando uma alternativa de instrumento para melhor compreender os atributos do ambiente do bairro relacionados a atividade física.

Cinco países participam deste projeto: Austrália, Bélgica, Brasil, China e Espanha. A equipe brasileira envolvida no projeto avaliará 68 rotas da cidade de Curitiba/PR, divididas entre quatro quadrantes e classificados a partir da combinação dos extremos de indicadores de walkability e renda.

Ao final da coleta, esses dados serão transferidos para o Centro de Coordenação nos Estados Unidos para processamento das informações e comparação entre os países avaliados.

Estudo da Efetividade da Implantação de Ciclofaixas em Curitiba

2014 – Atual

Descrição: Avaliar a efetividade da implantação de ciclovias e ciclofaixas, bem como a demais modificações ambientais relacionadas a estas estruturas, pode ajudar a responder de que forma estas alterações podem contribuir para a promoção da atividade física na comunidade.

Desta forma, o desenvolvimento de um estudo delineado como experimento natural, busca compreender a partir de uma linha de base e sucessivas observações compreender as mudanças de comportamento decorrentes destas modificações ambientais. Este estudo é realizado em Curitiba, capital do estado do Paraná, localizada na região sul do Brasil.

Atualmente, a cidade comporta aproximadamente 1.8 milhões de habitante. Este estudo será observacional, utilizando-se de filmagem contínuas de 12 horas (das 07h00 às 19h00), em todos os sete dias de uma semana normal e será realizada em três diferentes lugares da cidade, sendo dois destes lugares com projeto de modificação ambiental e um sem planejamento de qualquer alteração para este período.

Ao total, estão previstas quatro etapas, sendo a primeira considerada a linha de base (coleta de dados que antecede implantação da infraestrutura) e mais quatro etapas de acompanhamento com intervalo de 45 dias entre as tomadas de avaliações. Será computado o comportamento dos ciclistas (local de trânsito, rota, sexo, faixa etária, uso de capacete e apoio social) de forma observacional. Também serão computados o fluxo de trânsito, de pedestres, as atividades físicas de corrida e uso de skate.

Para a escolha dos locais, foi levado em consideração a distância entre os pontos da cidade e a posição estratégica do monitoramento do trânsito, bem como a disponibilidade destas informações para o estudo.

Ao final da coleta, espera-se obter informações de 35 dias em cada local, totalizando 105 dias de coleta e 1.260 horas de observação. Das observações seguirão um protocolo de observação desenvolvido e validado para o estudo.

Prevenção de Doenças Crônicas Não-Transmissíveis Baseadas em Evidências na Atenção Primária de Saúde no Brasil
2014 – Atual

Descrição: As doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT) são consideradas um problema de saúde global. Nas próximas décadas, 41% das mortes em todo o mundo serão decorrentes as DCNTs e seus fatores de risco (consumo de tabaco, uso prejudicial de álcool, alimentação inadequada e inatividade física), sendo que 80% destas mortes ocorrerão em países de baixa e média renda, gerando um alto impacto em suas economias.

No Brasil, foram criadas políticas nacionais para promoção da saúde, dentre elas, o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNTs 2011-2022, com intuito de reduzir os fatores risco e promover políticas públicas baseadas em evidências, principalmente na atenção primária de saúde (APS).

Dessa forma, os objetivos do estudo são:

  • Identificar as similaridades e diferenças para prevenção de Doenças Crônicas não-transmissíveis baseada em evidências nas secretarias de saúde no Brasil.
  • Verificar as principais barreiras e facilitadores que influenciam o uso das tomadas de decisões baseadas em evidências na prevenção de Doenças Crônicas não-transmissíveis nas secretarias municipais de saúde no Brasil.
  • Desenvolver um instrumento que avalie a prevenção de Doenças Crônicas não-transmissíveis baseada em evidências nas secretarias municipais de saúde no Brasil.

Projeto Espaços Adolescentes: Estudo dos Espaços Urbanos e Atividade Física dos Adolescentes de Curitiba
2012 – Atual

Descrição: Estudos relatam a associação entre o ambiente construído e o sobrepeso/obesidade, mas ainda são necessários estudos confirmatórios, especialmente aqueles realizadas em ambientes diversificados, para que as estimativas do tamanho do efeito entre estas associações possam ser estabelecidas com maior precisão.

O presente estudo trata de consórcio formado por 10 países que pretende investigar a associação entre as características do ambiente das cidades com a pratica de atividade física e obesidade em adolescentes.

No Brasil, o estudo é conduzido na cidade de Curitiba e pretende avaliar 640 adolescentes, entre 12 e 18 anos, por meio de um inquérito domiciliar e com emprego de informações espaciais obtidas pelo sistema de informações geográficas. Serão coletadas informações demográficas, como sexo, idade, local de moradia; de atividade física, as medidas de peso, estatura e circunferência da cintura.

Além disso, será aplicado um questionário sobre a percepção do ambiente na vizinhança, barreiras e preferências de atividade física na vizinhança dos adolescentes e de seus pais. Ainda serão empregados acelerômetros para mensurar a atividade física dos participantes.

Práticas Locais e o Uso de Evidências na Prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Estado do Paraná
2012 – Atual

Descrição: As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) estão rapidamente se tornando prioridade em saúde pública no Brasil. As políticas para sua prevenção e o controle têm sido implementadas.

Contudo, lacunas relevantes permanecem na atenção básica (AB), uma vez que somente agora aspectos importantes do modelo de cuidados crônicos estão começando a ser incorporados.

Este projeto envolve uma série de estudo tendo a prática de saúde pública baseada em evidências como fundamento para a prevenção e controle da DCNT por meio da AB. Serão desenvolvidos estudos com métodos quantitativos e qualitativos envolvendo um estudo de validade e fidedignidade, um inquérito com gestores de todos os municípios do Estado Paraná (n-399), uma série de estudos de caso em oito municípios e uma abordagem para desenvolver estratégias e ferramentas para disseminação de resultados.

O conjunto de informações e produtos obtidos permitem o aprimoramento das ações da AB para o prevenção e controle das DCNT no Estado do Paraná. Como resultado, a população do Estado, usuária do SUS, irá se beneficiar uma vez que terá acesso a serviços mais efetivos tanto para portadores de DCNT quanto para aqueles que apresentam fatores de risco para seu desenvolvimento.

Avaliação de Programa de Promoção de Saúde (2012-2013) – Academia da Saúde
2012 – Atual

Descrição: Este estudo permitiu a avaliação do Programa Academia da Saúde no Brasil na sua fase de universalização, promovendo achados na sua fase de implementação (processo e resultados) e na avaliação de produção de resultados (impacto), mensurando sua efetividade no Estado de Pernambuco, local onde o programa é mais implantado e, portanto, passível de mensuração de efeitos de efetividade.

Desta forma, é possível a construção de diretrizes para manutenção, readequação ou expansão de programas pelo gestor federal, bem como poderá apontar caminhos para destinação ou realocação de recursos financeiros que promovam a potencialização da política de saúde no âmbito da promoção da saúde no SUS.

Disseminação dos Resultados de Pesquisa em Saúde Pública
2012 – Atual

Descrição: A lacuna existente entre a pesquisa e a prática nas áreas de cuidados de saúde e de saúde pública é grande, bem documentada e preocupante. No entanto, até o momento não há evidências sobre as ações de disseminação empregadas por pesquisadores na área de cuidados de saúde e saúde pública no Brasil. Este projeto tem como objetivo compreende como os pesquisadores na área da saúde pública do Brasil divulgam os resultados de suas pesquisas.

Estudo Sobre Associação Entre Atividade Física E Ambiente Construído
2012 – Atual

Descrição: O objetivo do estudo é investigar os aspectos ambientais relacionados à atividade física em comunidade de Curitiba/PR. O projeto é composto por diferentes etapas e envolve a investigação de Parques, Praças e indicadores de mobilidade urbana, objetivos e os dados percebidos, associados à atividade física.

Entre as variáveis de investigação, a sazonalidade e medidas diretas de atividade física são consideradas em subprojetos de investigação. Como destaque principal, o projeto inclui parcerias com investigadores da Physical Activity and Environment Network.

External Validity of the Recreovia Program – A Qualitative Evaluation
2012 – Atual

Descrição: To date there is limited evidence on the effectiveness of Recreovia. In fact, only one study was found – conducted in 2005 by the National University in Bogota. This study aimed to evaluate the coverage and achievements (e.g. implementation) of Recreovia as well as other activities executed by the IDRD.

Therefore, some evidence on Reach is available but no evidence regarding adoption, implementation, outcomes for decision-making, maintenance or institutionalization.

In addition, no evidence of impact on population physical activity levels is available. This is a Qualitative Case Study aiming to describe elements of External Validity of Recreovia Program.

Data sources will include documentation and interviews related to the program and will be necessary to gather key information on the following external validity elements: Reach, Adoption, Implementation, Outcomes for decision-making, and Maintenance and Institutionalization.

Understanding and Applying Evidence in Local Public Health
2012 – Atual

Descrição: The practice of evidence-based public health (EBPH) is an integration of science-based interventions with community’s preferences to improve population health.

Most of the work to date on EBPH has focused on the development of guidelines (e.g., the Community Guide), barriers to their adoption and methods for enhancing the uptake of evidence-based programs and policies.

In large part, the evidence base for public health administration is lacking. Public health systems and services research is particularly situated to inform the development of guidance for effective public health administration, providing the evidence-base for what is and should be implemented at the state and local levels.

To date, no comprehensive study has identified the barriers, the scope of evidence-based decision-making and approaches for improving EBPH among local public health practitioners in the United States.

The objective of this project is to outline a series of research studies that will begin to address these gaps in knowledge. The aims are:

  • Describe the evidence base for local EBPH in the United States.
  • Test the effectiveness of local-level EBPH capacity building.
  • Describe a range of local models in EBPH.
  • Translate and disseminate findings to a wide variety of stakeholders.

Situação: Em andamento

Natureza: Pesquisa.


Ver mais