Arquitetura e Urbanismo - 19 mar 2019

Design Thinking é capaz de resolver problemas complexos

Além de propostas inovadoras, a pós em Gestão de Tendências: Coolhunting permite se antecipar às necessidades dos consumidores

Não é segredo: o mundo está cada vez mais complexo. A troca de informações imediata, a conectividade constante, a intermediação de sistemas e meios digitais… Tudo passou a estar no dia a dia das pessoas e a transformar o ambiente em que vivemos, modificando as nossas necessidades. E, se as pessoas mudam, as empresas também precisam se adequar. Não à toa, as companhias estão cada vez mais focadas em compreender as tendências de seu público-alvo e em busca frenética de inovação para sobreviver.

profissionais_em_reunião_discutindo_ideias
Se antecipar às tendências do mercado e necessidades dos consumidores é cada vez mais importante

Um dos exemplos de empresa que não soube acompanhar as mudanças da sociedade foi a Kodak. A gigante da fotografia foi a primeira companhia a desenvolver a tecnologia digital para câmeras, ainda na década de 1970. Durante sua história mais que centenária, chegou a responder por 90% das vendas de filmes e 85% das vendas de câmeras dos Estados Unidos. Ao perder o timing da fotografia digital, no entanto, foi superada por seus concorrentes e decretou falência em 2012.

Trata-se de um exemplo claro de companhia que não soube identificar uma tendência da sociedade, que, desde o início dos anos 2000, está se tornando cada vez mais digital. Mais do que isso: a Kodak não conseguiu encontrar a solução para resolver um problema complexo ao se deparar com a dificuldade que vivia: como recuperar sua posição de destaque – ou, naquele momento, garantir sua sobrevivência?

Design Thinking: solução para problemas complexos

Em um curso semipresencial, com 13 meses de duração, a pós-graduação em Design Thinking X Design Estratégico, da Escola de Arquitetura e Design da PUCPR, aborda justamente este conceito buscado pelas empresas no mercado. Trata-se de um mindset adotado no universo corporativo, que segue o método do design, com processo de pesquisa, validação, prototipagem, aceitação do erro como aprendizado. Por mais que se pense o contrário, a estética é apenas um dos resultados obtidos pelo design – existem muitos outros.

resolucao-de-problemas-por-meio-do-design
Aprendizagem de Design Thinking desenvolve habilidades múltiplas

Com as mudanças de necessidade da sociedade, muitos modelos de negócios estão expirando e as companhias precisam criar algo novo para que se mantenham relevantes. É justamente para encontrar o formato ideal do negócio que o Design Thinking pode ser usado, considerando inúmeras variáveis relevantes. Isso se torna ainda mais necessário após o surgimento das companhias disruptivas de economia compartilhada, como Uber, 99, Airbnb, entre outras, que vieram ao encontro do que a sociedade buscava.

Por considerar diferentes atores, sistemas e modelos, a metodologia tem sido adotada para solucionar problemas complexos em diversas áreas. Suas ferramentas e técnicas – apresentadas ao longo da pós-graduação – podem ser aplicadas para criar algo novo e gerir o negócio de maneira distinta. Assim como a criatividade está para a criação, a “inovatividade” – palavra usada no jargão – está para a inovação, focando no desenvolvimento de uma cultura empresarial com esse propósito.

Nesse sentido, a Escola de Arquitetura e Design organiza uma semana de imersão e interdisciplinaridade, a TCC Hands On. Nela, os estudantes se envolvem e tentam solucionar um problema real dentro de uma equipe multidisciplinar. Parte desses eventos e das aulas são realizados em ambientes específicos, voltados para que o estudante adquira as competências e habilidades necessárias para atuar na área, como a maquetaria (voltada especificamente para as maquetes), o LabMaker (laboratório de prototipagem rápida) e o laboratório de usabilidade.

Antecipar-se às tendências

Parte do sucesso está em identificar as tendências da sociedade. Saber o que as pessoas vão pensar no futuro é também um processo complexo, mas que pode significar uma melhora da performance empresarial, visto que a companhia será capaz de se antecipar às demandas. O curso de Gestão de Tendências: Coolhunting visa, por meio do estudo, observação, obtenção de dados, seleção e monitoramento, gerenciar tendências com foco estratégico na inovação em produtos e serviços.

A Escola de Arquitetura e Design também aposta na pós-graduação em Filmmaking, visando a formação de profissionais habilitados a atuar ou construir seu próprio canal de Youtube ou a capacidade de fazer gravações com qualidade de estúdio com equipamentos simples; e nos cursos de Planejamento e Desenho de Cidades e Arquitetura Sustentável, conectado às necessidades e às situações observadas na realidade brasileira e mundial.