PUCPR

Sub Menu contents
Carregando..

Contato

Escola de Direito

Decano
Prof. Dr. Alvacir Alfredo Nicz

Decana Adjunta
Profª Drª Marilena Indira Winter

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Direito Stricto Sensu
Prof. Dr. Oksandro O. Gonçalves

Secretaria:
Eva Curelo Tel|Fax: (41) 3271-1373
Daiane Kuster Tel: (41) 3271-1633 
E-mail: ppgd@pucpr.br | secretaria.ppgd@pucpr.br
Horário de atendimento: 08:30 | 12:00 e 14:00 | 20:30

Endereço: Rua Imaculada Conceição, 1155 - Bloco Vermelho - Prado Velho - Curitiba/PR CEP: 80215-901

Seminários de Pesquisa (D)

DISCIPLINA: Seminário de Pesquisa: Metodologia da Construção do Conhecimento Científico 
DISCIPLINA OBRIGATÓRIA - Área de concentração
PROFESSORA: José Querino Tavares Neto
CRÉDITOS: 03
CARGA HORÁRIA: 45h
NÍVEL: Doutorado

EMENTA
Ciências, saberes e crenças; a construção do conhecimento científico; interdisciplina e complexidade, comparatividade e contraditoriedade; ciência e poder; ecologia de saberes e epistemologias do sul; métodos e técnicas para o conhecer; o conhecimento jurídico; teorias, conceitos de direito e conceitos jurídicos fundamentais; teoria crítica do direito; as novas ciências, as tecnociências e as humanidades; marcos teóricos, categorias e definição da pesquisa; elaboração do projeto de pesquisa; análise dos pré-projetos de tese; diretrizes para a elaboração da tese segundo as normas da ABNT; seminário de pesquisa; laboratório de orientação de projetos de pesquisa.

BIBILIOGRAFIA BÁSICA

ADORNO Theodor W. & HORKHEIMER Max. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.
AGUILLAR, Fernando Herren. Metodologia da ciência do direito. 2. ed. São Paulo: Max Limonad, 1999.
ANDERY, Maria Amália, et al. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. Rio de Janeiro: Garamaond, 2007.
Bourdieu, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.
________. O Campo Científico. In. ORTIZ, Renato (org.) Sociologia. Coleção Grandes Cientistas Sociais São Paulo: Ática, 1983.
BOOTH, Waine C., COLOMB, Gregory G. e WILLIAMS, Joseph M. A arte da pesquisa. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
CASANOVA, Pablo González. As novas ciências e as humanidades: da academia à política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2006.
CAPELLA, Juan Ramón. Fruta prohibida: una aproximación historico-teorética al estudio del derecho y del estado. Madrid: Trotta,  2008.
DE REIS, Leopoldo. O Método Científico. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências. 1997.
DEMO, Pedro. Metodologia do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2000.
________. Pesquisa e Construção do Conhecimento. 3. ed. Rio de Janeiro: Tempo Universitário, 1997.
FEYERABEND, Paul. Contra o método. São Paulo: Editora da UNESP, 2003.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1998, Introdução e p.1-14; 113-152; 209-228.
FOUREZ, Gérard. A construção das ciências: introdução à filosofia e a ética das ciências. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.
LEITE, Eduardo de Oliveira. Monografia jurídica. 8. ed. rev. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008.
MARX, Karl. Prefácio à "Contribuição à Crítica da Economia Política?.  [s.d.].
MEZZAROBA, Orides; MONTEIRO, Cláudia Servilha. Manual de metodologia da pesquisa no Direito. 3. ed., rev. São Paulo: Saraiva, 2012.
MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO, 2001.
POPPER, Karl Raimund. A lógica da pesquisa científica. Tradução de Leonidas Hegenberg e Octanny Silveira da Mota. 13. ed. São Paulo: Cultrix, 2007.
RICHARDSON, Roberto Jarry (org). Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2010.
SANTOS, Boaventura Souza. A gramática do tempo: para uma nova cultura política. Porto: Edições Afrontamento, 2006.
TIOLLENT, Michel. Crítica metodológica, investigação social e enquete operária. São Paulo: Editora Polis, 1987.
WEBER, Max. Metodologia das Ciências Sociais. Tradução de Augustin Wenet, 2ª ed.. São Paulo: Cortez; Campinas: Editora da Universidade Estadual de Campinas, Parte 1, 1993.
________. Economia e Sociedade. V. 1, trad. de Regis Barbosa e Karem Elsabe Barbosa, Revisão Técnica de Gabriel Cohn, Brasília: UnB, 1991.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BENJAMIN Walter. Obras escolhidas III. São Paulo: Brasiliense, 1989.
BITTAR, Eduardo C. B. Metodologia da Pesquisa Jurídica. 8. ed. Rio de Janeiro: Saraiva, 2010.
Bourdieu, Pierre. Poder, Derecho y Clases Sociales. Bilbao: Desclée de Brouwer, 2000.
________. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Editora Perspectiva, 1987.
DEMO, Pedro. Metodologia Científica em Ciências Sociais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1995.
ECO, Umberto. Como se faz uma tese. 15. ed. São Paulo: Perspectiva, 1999.
FLAUBERT, Gustave. A educação sentimental, Trad. Araújo Alves, Editora Tecnoprint S.A. s. d..
HARAWAY, Donna J. Ciencia, cyborgs y mujeres, Cátedra, Madrid, 1995.
LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2005.
MARX, Karl. Introdução e Produção da Sociedade. In. COHN, Gabriel (org.) e FERNANDES, Florestan (coord.). MARX, Karl. Sociologia. São Paulo: Editora Ática, 1993, p. 7-96.
MORIN, Edgar; Participação de Marcos Terena. Saberes locais e globais: o olhar transdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.
OLIVEIRA, Silvio Luiz de. Metodologia científica aplicada ao Direito. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.
SANTOS, Antonio Raimundo dos. Metodologia científica: a construção do conhecimento. 7. ed., rev. conforme NBR 14724:2005 Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.
SOUSA SANTOS, Boaventura de, (org.), Conhecimento prudente para uma vida decente: ?Um discurso sobre as Ciências? revisitado?. Porto, Afrontamento, 2003.
SOUSA SANTOS, Boaventura de. MENESES, Maia Paula G. (orgs). Epistemologias do sul. Coimbra: Almedina, 2009.
SOUSA SANTOS, Boaventura de. MENESES, Maria Paula G. e NUNES, João Arriscado. Conhecimento e transformação social: por uma ecologia de saberes. Hiléia: Revista de Direito Ambiental da Amazônia, n. 6, Manaus, janeiro ? junho, 2006.
TOULMIN, Stephen E. Os usos do argumento. Tradução de Reinaldo Guarany. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
WARAT, Luiz Alberto. Senso Comum Teórico: as vozes incónitas das verdades jurídicas. Introdução Geral do Direito. Interpretaçãoda Lei. Temas para uma Reformulação. Porto Alegre: Fabris,1994.



Notícia cadastrada em: 07/07/2011

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR

Câmpus Curitiba | Câmpus Londrina | Câmpus Maringá | Câmpus São José dos Pinhais | Câmpus Toledo | Tecnólogos - Unidade Centro - Curitiba