PUCPR

Sub Menu contents

A ação social aconteceu na Casa de Apoio Ideal

Ana Claudia Pitella, acadêmica de Direito, encerrou sua ação social no dia 4 de dezembro, na Casa de Apoio Ideal. De acordo com a estudante, que passou os últimos domingos se dedicando às atividades, a ação proporcionou momentos únicos. “Já no primeiro encontro, me emocionei numa roda de conversa que fizemos para conhecer o pessoal. Queria entender o motivo pelo qual estavam longe de suas casas, quais seus problemas de saúde e como lidavam com tudo aquilo. Conforme os encontros iam acontecendo e eu ia conhecendo mais pessoas e suas histórias, acabei me envolvendo de forma inesperada”, comenta.

Motivada, a cada dia que passava, a estudante buscou diferentes formas de alegrar os domingos dos moradores da Casa de Apoio Ideal. Foi assim que surgiu a ideia do bingo: “Lancei a ideia para o restante do grupo, que topou na hora! A princípio, íamos comprar as prendas e doces para dar como prêmio, mas não tínhamos como calcular o tanto de crianças/jovens/adultos que iriam participar, devido à rotatividade da casa. Nisso, comecei a arrecadar brinquedos. Pedi em tudo quanto é lugar”, explica Ana.

O bingo foi realizado em 6 de novembro e fez o dia dos participantes mais feliz e divertido. Inspirado no sucesso da primeira edição, para finalizar a ação social o grupo organizou outro bingo.

“Quando digo que fui me envolvendo de forma inesperada, é porque, quando me inscrevi no projeto não tinha dimensão de tudo o que muda dentro da gente. Diversas vezes me coloquei no lugar de cada um. Me entreguei e percebi o quanto aquilo era importante para minha vida e para a deles. Um minuto de conversa, um gesto de carinho, uma palavra de conforto é o suficiente para ganhar um sorriso deles e eles ganharem o meu”, finaliza Ana.

A ação social da Ana Claudia acabou no último domingo, mas sua ligação e comprometimento com a casa não. A estudante, que já pediu autorização para a coordenadora da instituição, planeja na próxima Páscoa distribuir aos moradores coelhos de pelúcia com chocolates.

Sobre a Casa de Apoio Ideal

A Casa de Apoio Ideal foi fundada em 2000, em uma pequena casa, onde eram atendidos em média 20 pacientes por dia. O objetivo sempre foi o de oferecer um lugar onde as pessoas doentes e humildes, que precisavam fazer tratamento na capital do Estado, pudessem ser atendidas com toda a dignidade e o carinho que precisavam em um momento tão difícil de suas vidas. Em 2006, foi inaugurada a nova sede, com capacidade para atender até 500 pessoas por dia, sendo a maior capacidade instalada do Estado. Atualmente são atendidos 135 municípios do Paraná, além de outros convênios. Cerca de 400 pessoas por dia são atendidas na Casa. 



Publicado em: 14/12/2016Página Anterior



Notícias Relacionadas:

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR

Câmpus Curitiba | Câmpus Londrina | Câmpus Maringá | Câmpus São José dos Pinhais | Câmpus Toledo | Tecnólogos - Unidade Centro - Curitiba