PUCPR

Sub Menu contents
Carregando..

MEC autoriza curso de Medicina no Câmpus Londrina da PUCPR

Inscrições para vestibular específico estão abertas até o dia 16 de julho. Confira o edital completo

No segundo semestre de 2012, o Câmpus Londrina da PUCPR iniciará as atividades do curso de Medicina com oferta de 60 vagas e processo seletivo específico. As inscrições para o Vestibular de Medicina estão abertas até o dia 16 de julho. O valor da taxa de inscrição é R$ 90. As provas serão aplicadas no dia 22 de julho (domingo), das 13 às 18h, nos Câmpus Londrina, Toledo e Curitiba da PUCPR. Confira o edital do Vestibular de Medicina.

O Diário Oficial da União publicou na quarta-feira (6), por meio da portaria 079, a criação de 60 vagas de Medicina na Universidade. O anúncio da criação do curso foi feito pelo Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, um dia antes, em Brasília. Mercadante anunciou a criação e expansão de 2,5 mil vagas de Medicina para Instituições de Ensino Superior, públicas e privadas, de todo o país. A PUCPR é a única instituição privada no Paraná a receber a autorização para a abertura do curso, sendo aprovado pelo MEC com conceito institucional 5.

Para as atividades pré-clínicas do curso, a estrutura do Câmpus Londrina conta com 12 laboratórios multifuncionais e um biotério. Para os três primeiros anos, conta com corpo docente formado por 22 professores, sendo 64% doutores e 36% mestres. Do total, 87% contam com mais de quatro anos de experiência em docência superior e 94% têm mais de três anos de experiência profissional no exercício de atividades relacionadas à promoção ou ao atendimento de saúde, contribuindo para elevação da qualidade do ensino. A pré-clínica oferecerá nove mil horas de atividades.

Como parte da infraestrutura, a PUCPR oferece Laboratórios de Habilidades e Simulação, nas grandes áreas: Procedimentos e Sinais Vitais, Saúde da Mulher, Saúde da Criança, Saúde do Adulto e Urgência, Emergência e Trauma, uma alternativa pedagógica, oferece ao aluno uma atividade antecipatória das práticas de treinamento de habilidades com o paciente, preparando o estudante para o exercício técnico e intelectual de sua futura profissão, pautados no preceito da bioética.

O médico e coordenador do curso, José Eduardo Siqueira, o diretor do Câmpus Londrina, Charles Vezozzo, e o superintendente da Santa Casa de Londrina, Fahd HaddadAs atividades clínicas serão realizadas na Santa Casa de Londrina, hospital-escola do curso, fruto de parceria entre a mantenedora do hospital, Irmandade Santa Casa de Londrina (ISCAL), e a PUCPR. Com 75 anos, a Santa Casa de Londrina possui 386 leitos e um corpo clínico de mais de 800 médicos credenciados, sete residências médicas.

“Sentimos-nos orgulhosos em anunciar o início das atividades do curso de medicina e, enquanto instituição, contribuirmos para sanar um pouco da carência de médicos existentes no Brasil como um todo, ofertando ao mercado profissionais com boa formação. O anúncio do Governo Federal sobre a criação do nosso curso veio no momento em que o Câmpus comemora 10 anos de atividades, com respaldo de uma instituição educacional conceituada de 50 anos. Para chegar até aqui o trabalho foi árduo e me recordo da primeira reunião, em que preenchemos uma planilha com exigência de 1.800 itens.”, disse diretor do Câmpus Londrina, Charles Vezozzo.

Hospital escola - Segundo o superintendente da Santa Casa de Londrina, o médico neurologista Fahd Haddad, a Santa Casa conta hoje com 140 profissionais, médicos credenciados, com a qualificação exigida para serem professores na clínica e internato do curso. Haddad informou ainda que a Santa Casa já funcionou como hospital-escola da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no início do curso de medicina daquela instituição, antes da criação do Hospital Universitário. “O know how da PUCPR, somado ao da Santa Casa de Londrina vai gerar um curso de qualidade. Além disso, as duas entidades têm a mesma visão cristã de solidariedade no atendimento”, complementa o superintendente.

Para o coordenador do curso de Medicina do Câmpus Londrina da PUCPR, o médico José Eduardo Siqueira, a comunidade de Londrina ganha muito com a criação do curso em uma instituição conceituada como é a PUCPR. “Estou convicto que o curso de medicina da PUCPR Londrina vai formar profissionais diferentes. Propomos um modelo de uma formação técnica sólida, respaldada por uma formação humanística”, reforça o coordenador.



Publicado em: 11/06/2012Página Anterior



Notícias Relacionadas:

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR

Câmpus Curitiba | Câmpus Londrina | Câmpus Maringá | Câmpus São José dos Pinhais | Câmpus Toledo | Tecnólogos - Unidade Centro - Curitiba