PUCPR

Sub Menu contents

Escola Politécnica

Engenharia de Alimentos - Câmpus Curitiba

Vídeo do curso

Período

manhã - 5 anos  

Trabalhos de conclusão de curso

Durante o oitavo e o nono períodos os alunos do curso de Engenharia de Alimentos da PUCPR executam o seu trabalho de conclusão de curso, que trata de um Estudo de viabilidade técnica e econômica e de um Projeto Básico de Processo de uma unidade de produção agroindustrial. Além do desenvolvimento do processo, as equipes desenvolvem os produtos nas plantas piloto do curso.

Projetos 2009/2010

Unidade de produção de açúcar
As unidades produtoras de açúcar são indústrias de processamento complexo, e que podem fornecer uma série de produtos, como açúcar refinado, açúcar mascavo, melado e etanol. O Brasil é um grande exportador de açúcar.

Unidade de industrialização de tilápia
O pescado tem apelo saudável, mas o consumidor costuma ser resistente ao preparo do pescado em domicílio. Este projeto desenvolveu uma unidade de produção desde o abate da tilápia produzida em sistema de criação até a produção de pratos prontos congelados a partir do filé. A tilápia tem grande aceitação pelo consumidor por ter sabor suave e ter poucas espinhas.

Unidade de produção de chá verde pronto para beber
A busca por conveniência e por produtos saudáveis motivou o projeto desta unidade de produção. O chá verde apresenta funcionalidades relacionadas a substâncias antioxidantes que o compõe.

Unidade de produção de sorvete com baixo teor de lactose
Esta unidade de produção teve como objetivo atender um público consumidor formado por pessoas intolerantes à lactose, que teriam dificuldade em consumir formulações tradicionais de sorvete.


Unidade de processamento de produtos de tomate
Os produtos de tomate, como polpa de tomate, suco de tomate e catchup são muito aceitos pelo mercado consumidor brasileiro, tanto pelo sabor quanto pelas propriedades antitumorais atribuídas ao licopeno, a substância que confere a coloração vermelha do tomate.

Unidade de processamento de batata
A batata, um dos vegetais mais consumidos do mundo, tem grande potencial para ser matéria-prima de produtos de conveniência, isto é, prontos ou semi-prontos para consumo. Este projeto desenvolveu linhas de produção de batata pré-frita congelada e de batata chips.


Projetos 2008/2009

Unidade de produção de risoto pronto para consumo
A demanda por produtos de conveniência, isto é, prontos para consumo, vem crescendo no mercado de alimentos. O risoto pronto para consumo tem como proposta a apresentação de um produto armazenado sem refrigeração, cuja embalagem é aberta na hora do consumo e colocada em um forno de microondas, por exemplo, para aquecimento. Não é preciso acrescentar água ao produto.

Unidade de produção de leite evaporado
Este produto tem um apelo saudável muito grande, à medida que propõe a substituição, em receitas culinárias, do leite condensado tradicional por um produto também concentrado, mas isento de açúcar. Há, também, um mercado interessante para os sachês de leite evaporado, uma opção prática para incrementar uma xícara de café.

Unidade de produção de doce de leite aromatizado
Agregar valor ao doce de leite tradicional é a proposta desse projeto. Acrescentar aromas sofisticados a um produto tradicional, buscando identificar no mercado as embalagens mais adequadas ao novo perfil do consumidor.

Unidade de produção de café solúvel aromatizado
A produção de café é bastante complexa, especialmente de cafés solúveis e especiais. A tecnologia envolvida é compatível com este tipo de produto, de alto valor agregado, e que atende um mercado que valoriza o sabor de um bom café. O café solúvel aromatizado vem trazer um diferencial a um produto de grande conveniência, que não prescinde de qualidade e sabor.

Unidade de produção de sopas prontas
Também um produto inovador no mercado brasileiro, a sopa pronta para consumo tem um grande apelo de conveniência e de alimento saudável. Serão utilizados ingredientes naturais, buscando um produto identificado com a linha gourmet, que precisa unicamente ser aquecido para consumo, sem necessidade de reidratação.


Projetos 2007/2008

Unidade de produção de concentrado protéico de soro de leite
O soro de leite, de potencial poluente, passou a ser uma matéria-prima valiosa para a produção de insumos para a indústria alimentícia e farmacêutica, na forma de concentrado protéico de soro e isolado protéico de soro.

Unidade de produção de requeijão cremoso aromatizado
Produto tradicional do Brasil, o requeijão é uma forma nutritiva e gostosa de incluir uma fonte de cálcio na alimentação. A aromatização agrega valor ao produto e proporciona um diferencial no mercado.

Unidade de produção de mini-quiche e patê de filé de tilápia
O consumo de pescado no Brasil ainda é bastante pequeno, apesar do país ter grande potencial pesqueiro. Uma das razões para o baixo consumo é a perecibilidade do pescado e dificuldades que os consumidores encontram no preparo do produto. Este projeto desenvolveu dois produtos de grande conveniência, um pronto e o outro semi-pronto para consumo, com grande potencial para aumentar o consumo desta importante fonte protéica.

Unidade de produção de prato pronto congelado ? strogonoff de camarão
Praticidade e conveniência, aliadas ao sabor, foram determinantes no desenvolvimento deste produto de alto valor agregado, direcionado a pessoas que desejam ter uma refeição de qualidade em casa, mas que não têm tempo para cozinhar. A pesquisa de mercado realizada demonstrou a preocupação dos consumidores com os elevados teores de sódio dos produtos congelados, e isto norteou o desenvolvimento deste produto, com reduzido teor de sódio.

Unidade de produção de molhos prontos
Este projeto desenvolveu dois processos para a produção de molhos prontos para massas e carnes, em três diferentes sabores, apresentados em embalagens de vidro e em embalagens cartonadas. Também um produto de alta conveniência, produzido assepticamente e mantido fora de refrigeração.

Unidade de produção de cerveja Pilsen puro malte
As cervejas diferenciadas têm grande potencial de mercado, e o Brasil é um grande consumidor. Este projeto teve como objetivo o estabelecimento de um processo de fabricação de uma cerveja Pilsen puro malte, sem adição de outros cereais, com valor agregado no mercado.

Trabalhos de conclusão de curso de anos anteriores:


Projetos 2006/2007

  • Projeto de unidade de produção de queijo petit suisse com pedaços de fruta
  • Projeto de unidade de produção de mozzarella de búfala
  • Projeto de unidade de produção de bebida de soja
  • Projeto de unidade de produção de pão pré-assado congelado


Projetos 2005/2006

  • Projeto de unidade de produção de chocolate
  • Projeto de unidade de produção de polpa de açaí
  • Projeto de unidade de produção de proteína isolada de soja
  • Projeto de unidade de produção de leite fermentado
  • Projeto de unidade de produção de atum enlatado
  • Projeto de unidade de produção de produto imitação camarão à base de surimi
  • Projeto de unidade de produção de cachaça

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR

Câmpus Curitiba | Câmpus Londrina | Câmpus Maringá | Câmpus São José dos Pinhais | Câmpus Toledo | Tecnólogos - Unidade Centro - Curitiba