PUCPR

Sub Menu contents

Escola Politécnica

Engenharia de Alimentos - Câmpus Curitiba

Vídeo do curso

Período

manhã - 5 anos  

Depoimentos

"Atualmente sou responsável por uma carteira de projetos de investimentos com valor médio anual de R$ 30 milhões na Nestlé. Antes disso, passei pela Sadia, onde participei da construção de uma fábrica e fui staff de produção. Isso ilustra a importância que o engenheiro de alimentos tem em uma indústria de alimentos, pois ele pode contribuir em todas as áreas, trazendo grandes resultados para as empresas, e tomando posição em cargos estratégicos. A engenharia de alimentos é muito dinâmica, permitindo que o profissional possa identificar qual a carreira que deseja seguir dentro de uma indústria de alimentos."

 Mauricio Consoni
Engenheiro de Projetos na Nestlé

Ver todos os depoimentos

Sobre o curso

O crescimento do agronegócio e as mudanças nos hábitos alimentares dos consumidores fazem com que a profissão do engenheiro de alimentos esteja sempre em evidência. O curso da PUCPR se dedica à formação desses profissionais há mais de 25 anos. O egresso de Engenharia de Alimentos é especialista em aplicar processos inovadores na produção industrial, que resultem em alimentos saudáveis, nutritivos, práticos, seguros e com adequada vida útil. O estudante tem contato com temas ligados à Química e Bioquímica de Alimentos, à Matemática e Física, aos Processos Agroindustriais, entre muitos outros, e torna-se um profissional comprometido com o bem-estar e o progresso da sociedade.

Quer saber mais sobre o Novo Projeto Pedagógico do curso de Engenharia de Alimentos, acesse o site do Vestibular 2018.


O curso prepara você para:

- Desenvolver produtos alimentícios inovadores e saudáveis
- Certificar sistemas de qualidade e segurança alimentar na cadeia produtiva de alimentos
- Gerenciar processos e projetos de produção de alimentos


E o mercado como vai?

A indústria de alimentos é dinâmica e está sempre em expansão. A Engenharia de Alimentos conta com amplo mercado de trabalho, pois existem inúmeras oportunidades para o profissional além da produção de alimento. O empreendedorismo, a pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos e ingredientes, a elaboração de novos processos, a fiscalização de produtos, os assuntos regulatórios, o manejo de aditivos e embalagens e a atuação nas áreas comercial e de marketing são alguns exemplos.


Engenheiros de alimentos são inovadores

A entrega de alimentos industrializados saudáveis, nutritivos, saborosos, inovadores e seguros ao consumidor é a função principal do engenheiro de alimentos. Ele é responsável por atuar na produção industrial de forma ética, garantindo o cumprimento de processos eficientes e sustentáveis.



O diferencial está na prática

No curso de Engenharia de Alimentos da PUCPR, prática e teoria caminham juntas.

Os estudantes têm à disposição laboratórios específicos para análise de alimentos e usinas-piloto de tecnologia e engenharia para processamento de matérias-primas, tais como leite, carne, pescados, vegetais e cereais. Tudo isso com equipamentos similares aos que são utilizados pelas indústrias alimentícias, em escala adaptada para a prática estudantil. Em seu dia a dia, o estudante também tem acesso a visitas técnicas, estágios, participação em projetos de pesquisa e extensão em parceria com empresas e a possibilidade de intercâmbio em vários países.

- Conceito 4 no ENADE
- Pesquisa em Conservação e Desenvolvimento de Alimentos
- Laboratórios com infraestrutura completa
- Amplo acesso a visitas técnicas, estágios
E possibilidades de atuação em projetos de pesquisa e de extensão em parceria com empresas




PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ - PUCPR

Câmpus Curitiba | Câmpus Londrina | Câmpus Maringá | Câmpus São José dos Pinhais | Câmpus Toledo | Tecnólogos - Unidade Centro - Curitiba